Entre a razão, o desejo e a imposição: relações de aproximação entre o discurso e o agir dos sujeitos nas esferas sociais

  • Glória Dias Soares Vitorino

Resumo

Com base em hipóteses levantadas por Davidson (1993), além dos estudos de Livet (2000) e Searle (2001), a propósito da intencionalidade da ação, o objetivo deste texto é situar a relação discurso/ação/intencionalidade em interfaces teóricas com vertentes de estudos em Análise do Discurso (AD). Discute-se, principalmente, a aproximação discurso e ação como uma possível forma de compreensão dos fundamentos e das condições de existência de relação entre essas duas categorias. Reflete-se, também, sobre a questão da racionalidade, que é concebida em três diferentes dimensões: relação locutor/enunciado, alocutário/enunciado, locutor/alocutário. Visto sob esse enfoque, o estudo da relação discurso/ação, consideradas algumas limitações, vem contribuindo para a compreensão de algumas categorias, a partir das quais é possível observar as condições de existência ou mesmo os fundamentos da relação entre a linguagem humana e as ações realizadas pelos sujeitos.

Palavras-chave: Intencionalidade. Desejo. Discurso. Ação.

Seção
Artigos