Avaliação Provinha Brasil: tendências e perspectivas na alfabetização dos anos iniciais do ensino fundamental

  • Marilda Pasqual SCHNEIDER
  • Gabriela Strauss MOZZ

Resumo

O trabalho trata de um estudo no âmbito das políticas de avaliação em larga escala. Aborda a análise da Provinha Brasil, enquanto avaliação destinada a acompanhar o desenvolvimento do processo de alfabetização das crianças nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Examina documentos contemplados no Kit da Provinha Brasil, com o intuito de levantar indicações acerca das orientações curriculares contidas nos testes disponibilizados às escolas entre os anos de 2008 e 2010. Em termos de procedimentos metodológicos, analisa as questões de cada uma das edições dos testes disponibilizados no período e a correlação com os eixos e os descritores das matrizes de referência. Os resultados confluem para a constatação da utilização dessa avaliação como ferramenta na ação pedagógica das escolas. No processo de alfabetização dos anos iniciais verifica-se a tendência à utilização dessa avaliação como referência no planejamento das aulas, na avaliação dos alunos e, até mesmo, como estratégia para o docente reavaliar a sua prática docente. Como conclusão, desperta a atenção para a necessidade de se analisar com cuidado o material disponibilizado no Kit da Provinha Brasil de modo a avaliar as ênfases e omissões demarcadas nos testes disponibilizados aos municípios. Como perspectiva, assinala a tendência à produção de um currículo reiterado pela forma como tal avaliação é colocada em prática no âmbito das redes e escolas públicas.

Palavras-chave: Avaliação Provinha Brasil. Alfabetização dos anos iniciais. Tendências. Perspectivas.

Biografia do Autor

Marilda Pasqual SCHNEIDER
Doutora em Educação. Professora do Programa de Mestrado em Educação da Unoesc. 
Gabriela Strauss MOZZ
Acadêmica do curso de Pedagogia da Unoesc de Videira-SC, bolsista do Projeto Observatório do Mestrado em Educação da Unoesc de Joaçaba -CAPES
Publicado
03-05-2012