AUTOESTIMA E ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO EM SOLDADOS DA PMSC A PARTIR DO ENFOQUE DA PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO

  • Evermondo Jose Guimaraes UNOESC
  • Luana Bellé
  • Vanessa Bodigheimer

Resumo

O presente trabalho é resultado de uma proposta chamada Laboratório de Psicologia Organizacional do componente curricular Psicologia Organizacional e do Trabalho (POT), na qual se teve como objetivo visitar uma organização para conhecer seu contexto e a atuação do psicólogo no local. Dessa forma, a organização escolhida foi a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) de Chapecó, com o objetivo de descrever a percepção dos soldados acerca do estresse pós-traumático a partir do enfoque da saúde do trabalhador. Inicialmente, buscou-se perceber características específicas dessa Instituição e sua relação diferenciada para com a Psicologia Organizacional e do Trabalho. Procurou-se, ainda, perceber o lugar do psicólogo e seu papel ativo dentro da Instituição diante dos desafios cotidianos e sob as pressões do clima e cultura organizacional. Para tal, a proposta foi a realização de reflexões a partir de intervenções na Organização, destacando suas proposições acerca da teoria da hierarquia das necessidades, a motivação, a liderança, a resolução de conflitos e o desenvolvimento pessoal. A Psicologia Organizacional e do Trabalho busca a assertividade de um conjunto de questões referentes ao bem-estar do indivíduo, compreendendo suas particularidades, provendo o trabalho humano e a saúde do trabalhador. Dentro desse contexto, destaca-se a importância da autoestima; ela é considerada um requisito importante para uma vida satisfatória. É a relação que a pessoa possui em determinado grupo, podendo influenciar de forma positiva o sentimento que o indivíduo tem de si mesmo. Já o estresse no trabalho pode se tornar um grave problema. Pode ocorrer um impacto negativo do estresse na vida dos trabalhadores e nas organizações, principalmente, em profissões perigosas, mas também vitais para a sociedade, como o caso da polícia militar. Na realização deste trabalho, foram coletadas informações mediante observações, entrevistas e pesquisas bibliográficas. A observação e as entrevistas proporcionaram aos acadêmicos o desenvolvimento do olhar no âmbito organizacional e do trabalho, sendo produtiva a oportunidade de estar próximo à realidade da prática da profissão e importante o olhar para a saúde do trabalhador.

Palavras-chave: Saúde do trabalhador. Estresse pós-traumático. Polícia militar.

Publicado
26-08-2016