O PAPEL DO PSICÓLOGO NA CONSULTORIA ORGANIZACIONAL: DESENVOLVIMENTO DE PROFISSIONAIS EM EMPRESAS INCUBADAS DE UMA UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA

  • Creici Lamonato Unoesc Chapecó Senac Chapecó

Resumo

A psicologia organizacional e do trabalho busca contribuir para a promoção da saúde no trabalho e o redimensionamento de processos organizacionais, buscando criar estratégias para diminuir dificuldades nas redes de relações, fatores estressores e falhas de processo e para gerar um ambiente organizacional de sucesso. A atividade de consultoria organizacional pode ser considerada uma área que contribui para o aperfeiçoamento do funcionamento das organizações e uma oportunidade para os profissionais psicólogos que atuam na área organizacional e do trabalho. Diante disso, neste trabalho objetivou-se prestar serviços relacionados à área da psicologia organizacional e do trabalho que contribuíssem para a eficiência e eficácia organizacional em empresas incubadas de uma universidade do Oeste de Santa Catarina. O estudo resulta de uma pesquisa qualitativa, cujo método de trabalho foi observação direta com relato de experiência. Foi desenvolvido em quatro empresas incubadas de uma universidade, totalizando intervenção com 12 sujeitos.  Os dados foram coletados por meio do diagnóstico organizacional com entrevista semiestruturada, dinâmicas de grupo, testes G38, Inventário Fatorial de Personalidade II e Palográfico. A análise de dados caracterizou-se como do tipo classificatória e foi realizada em quatro categorias: diagnóstico organizacional, avaliação psicológica, plano de desenvolvimento individual e acompanhamento. Os resultados demonstraram a importância da atuação do psicólogo em atividades de consultoria organizacional, em especial a sua contribuição para o desenvolvimento de competências que favoreçam o autoconhecimento e contribuam para o sucesso organizacional. Cabe salientar a necessidade de identificar e trabalhar as competências organizacionais de cada uma das empresas incubadas e realizar o alinhamento com as competências individuais dos empregados. Este trabalho pode ser realizado com outras empresas incubadas desde que sejam considerados aspectos culturais e novos conhecimentos sobre o assunto.

Palavras-chave: Psicologia organizacional. Consultoria organizacional. Competências. Autoconhecimento. Treinamento e desenvolvimento.

Biografia do Autor

Creici Lamonato, Unoesc Chapecó Senac Chapecó
Vinculada a Unoesc (Universidade do Oeste de Santa Catarina) desde 2014 e a FATEC (Faculdade de Tecnologia Senac Chapecó) desde 2004, atuando como docente no nível superior nos curso de Psicologia, Administração, Recursos Humanos e afins. Atua em pós graduações na área de gestão de pessoas das instituições (UNOESC, FGV, FATEC, UNOCHAPECÓ e UNIARP) . Possui graduação em Psicologia pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2003), especialização em Psicologia Organizacional e do Trabalho pela Unochapecó (2004), especialização em Didática do Ensino Superior (FATEC) e mestrado em Psicologia pela UFSC (2011). Tem experiência na área de Psicologia e Administração de Gestão de Pessoas, atuando principalmente nos seguintes temas: psicologia organizacional e trabalho, psicologia comportamental, avaliação de desempenho, processos de aprendizagem (treinamento e desenvolvimento), atração e seleção de pessoas e qualidade de vida no trabalho.
Publicado
26-08-2016