AVALIAÇÃO DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC) DOS ALUNOS DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA APARÍCIO JÚLIO FARRAPO

Autores

  • Deonilde Balduíno Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Sergio Ricardo Mendes dos Santos
  • Jucilene Sandrin Fragoso
  • Jean Carlos Parmigiane de Marco
  • Eli Cleide Balbinot
  • Diana Busato Rissi
  • Juliana Galves
  • Mateus Guerini

Resumo

Introdução: A obesidade pode ser conceituada, de maneira simplificada, como uma condição de acúmulo anormal ou excessivo de gordura no organismo, levando a um comprometimento da saúde. O grau de excesso de gordura, sua distribuição e associação com consequências para a saúde variam, consideravelmente, entre os indivíduos obesos. É importante identificá-la, uma vez que os portadores dessa condição apresentam risco aumentado de morbidade e mortalidade. Objetivo: Diante disso, o objetivo deste estudo foi verificar o Índice de Massa Corporal (IMC) de alunos de 7 a 17 anos da Escola de Educação Básica Aparício Júlio Farrapo, localizada no município de Xanxerê. Metodologia: Esta pesquisa caracterizou-se como descritiva de natureza quantitativa. Participaram do estudo 66 meninas e 81 meninos, totalizando 147 alunos regularmente matriculados. Para a coleta de dados foi utilizada balança digital e fita antropométrica para o cálculo do IMC. Utilizou-se o parâmetro de Conde e Monteiro (2006) para apontar o estado em que o aluno se encontrava (Baixo Peso, Normal, Sobrepeso ou Obesidade). Para a análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva (frequência relativa). O programa utilizado foi SPSS 22.0. Resultados: Os resultados mostraram que grande parte dos alunos (49%) possui um IMC ideal e somente 5% dos alunos apresentaram um baixo peso. Contudo, é necessário salientar que 33% dos alunos possuem sobrepeso e 13% apresentam obesidade. Conclusão: Conclui-se que o sobrepeso e a obesidade das crianças e adolescentes estão cada vez maiores, ainda, relacionados ao sedentarismo. Para estudos futuros, é sugerido que se efetue uma coleta de dados com mais alunos, além de ser preenchido um questionário sobre seu cotidiano em relação aos seus hábitos alimentares e em relação às suas práticas de atividades físicas.

Palavras-chave: Obesidade. Sobrepeso. IMC. Alimentação. Saúde.

Downloads

Publicado

2015-11-20

Como Citar

Balduíno, D., Mendes dos Santos, S. R., Sandrin Fragoso, J., Parmigiane de Marco, J. C., Balbinot, E. C., Busato Rissi, D., Galves, J., & Guerini, M. (2015). AVALIAÇÃO DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC) DOS ALUNOS DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA APARÍCIO JÚLIO FARRAPO. Seminário Institucional Do Pibid - Anais eletrônicos. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/sipae/article/view/9266

Edição

Seção

Resumos