O PIBID/UNOESC NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PADRE BRUNO POKOLM

Autores

  • Geraldo Vieceli Unoesc - Videira
  • Saulo Ivonei Camana
  • Denize Queiroz Colombo
  • Gislaine Alessandra Machado
  • Rosangela Baldissera Orso
  • Jonas Zago
  • Amanda Zanella

Resumo

Introdução: O Projeto Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) concede aos acadêmicos de pedagogia inserção e participação no âmbito escolar, atendendo, assim, o objetivo de elevar a qualidade do ensino na Escola de Educação Básica Padre Bruno Pokolm. As ações dos bolsistas e os procedimentos utilizados são norteados por subprojetos que auxiliam no processo de aprendizagem dos alunos, promovendo suporte pedagógico nas diferentes fases de aprendizagem dos educandos. Objetivo: Proporcionar atividades que permitam o desenvolvimento de competências diversas nos alunos, superando os desafios surgidos no processo ensino-aprendizagem. Metodologia: Os subprojetos desenvolvidos vêm a favor da melhora na qualidade do ensino e no processo ensino-aprendizagem dos educandos, sendo sugeridos pela direção da escola juntamente com o professor supervisor, elaborados e executados pelos estagiários. O jogo como recurso no processo ensino-aprendizagem tem como objetivo explorar jogos que abordem os conteúdos programáticos e que favoreçam o raciocínio lógico, a expressão corporal, a socialização e a interação dos alunos. Apresenta relevância quanto a seu valor como instrumento de apoio para os professores no processo educacional, principalmente, no desenvolvimento do raciocínio lógico, da oralidade e da expressão corporal, que é primordial na vida do aluno para sua socialização. Os procedimentos didáticos pedagógicos são voltados à socialização das crianças, ressaltando a utilização dos jogos no ensino dos diversos conteúdos. A recreação e as brincadeiras visam resgatar a importância das brincadeiras infantis, estimulando o brincar. Conclusão: Sabe-se que hoje as brincadeiras e fantasias infantis estão bastante restritas aos recursos tecnológicos, televisor, computador, brinquedos eletrônicos, não que estes não sejam importantes, mas talvez um tanto individualistas. A brincadeira auxilia na aprendizagem, interação, inclusão e respeito à diversidade, conforme afirmação de  Vygotsky (1984), tendo como princípios fundamentais: a situação imaginária, a imitação e as regras, estimulando a autoestima, autonomia, comportamentos e conhecimento cultural. No processo de alfabetização, o convívio com a linguagem escrita deve ser uma atividade real e significativa, na qual as crianças interagem com diferentes conhecimentos e manifestações linguísticas. A interação com as mais diversas produções gráficas utilizadas no meio cultural, na sala de aula, constitui o conteúdo do ensino. Essas produções possuem funções específicas conforme o meio social em que foram efetivadas.

Palavras-chave: PIBID. Educandos. Aprendizagem. Educação.

Biografia do Autor

Geraldo Vieceli, Unoesc - Videira

Coordenador do curso de pedagogia e Artes Visuais da Unoesc Campus de Videira

Downloads

Publicado

2015-11-20

Como Citar

Vieceli, G., Camana, S. I., Queiroz Colombo, D., Machado, G. A., Baldissera Orso, R., Zago, J., & Zanella, A. (2015). O PIBID/UNOESC NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PADRE BRUNO POKOLM. Seminário Institucional Do Pibid - Anais eletrônicos. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/sipae/article/view/9245

Edição

Seção

Resumos