JUDÔ: CONSTRUINDO VALORES NO CONTEXTO DA ESCOLA

Autores

  • Sandra Rogéria de Oliveira Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Rodrigo Oliveira Leite
  • Leandro Carlos Lima
  • Aristóteles Okiama

Resumo

Introdução: O Judô, idealizado em 1882, pelo mestre Jigoro Kano, busca divulgar e demonstrar a modalidade com três princípios básicos: Seiryoku zen’yo, que é o princípio da máxima eficácia do corpo e do espírito, assim é preciso tratar e fortalecer o corpo, a mente e o espírito, mantendo-os sempre saudáveis, para que nos possam servir de forma racional, inteligente e utilitária, não somente nas lutas de judô, mas em todos os aspectos do nosso cotidiano; jita kyoei, que é o princípio da prosperidade e benefícios mútuos, onde o progresso pessoal está intimamente ligado à solidariedade humana e a entreajuda, somente assim é que nos tornamos atletas e humanos completos; o ju yoku go o seisu, o princípio da suavidade e controle. Apesar de diretamente ligado ao plano físico, este princípio deve ser utilizado inteligentemente, ou melhor, a força deve ser racionalizada, para não ser demais, a fim de não tornar a luta violenta. A aplicação do Judô nas aulas de Educação Física tem como objetivo proporcionar vivência de lutas fundamentadas no desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor dos praticantes, bem como implantar valores filosóficos e princípios básicos do Judô numa proposta interdisciplinar com as disciplinas de Língua Portuguesa, Artes, Educação Física. Metodologia: O Judô é desenvolvido como uma das atividades do subprojeto de Educação Física do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), em parceria com a Universidade do Oeste de Santa Catarina – Campus de Chapecó, a qual cede os tatames para a aplicação da modalidade nas escolas de educação básica (EEB) do município de Chapecó, SC. Na EEB Antônio Morandini, as atividades estão em fase de finalização e, posteriormente, o tatame será encaminhado à EEB Druziana Sartori, que iniciará o trabalho com o Judô; na EEB Bom Pastor o projeto já foi finalizado e a escola possui tatame próprio. As propostas são construídas com atividades práticas, de Judô, produção textual, encenações e ritmos. Resultados: A combinação de diferentes escolas de judô pelos bolsistas de iniciação à docência do PIBID resultou na aplicação diversificada em cada ambiente aplicado, conseguindo uma análise e envolvimento interdisciplinar. Percebe-se que alguns conseguiram expressar-se e desenvolver-se, até mesmo absorvendo a metodologia e filosofia do princípio básico do judô como melhora na disciplina, educação e respeito. O ponto mais frágil percebido foi a resistência por parte de alguns alunos, em razão da pouca vivência destes conteúdos nos espaços educativos. Conclusão: Tornou-se evidente a necessidade de vivenciar modalidades esportivas de lutas de forma consciente, nas escolas a partir das aulas de Educação Física, a fim de que possam fortalecer os aspectos e valores familiares, escolares e sociais de forma positiva, colaborando com as transformações no contexto educacional.

Palavras-chave: Judô. Valores. Escolares.

 

Biografia do Autor

Sandra Rogéria de Oliveira, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Mestre em Educação, Graduação em Educação Física e Letras. Professora do Curso de Educação Físicada Unoesc - Area das Ciências da Saúde e Educação.

Downloads

Publicado

2015-11-20

Como Citar

de Oliveira, S. R., Oliveira Leite, R., Lima, L. C., & Okiama, A. (2015). JUDÔ: CONSTRUINDO VALORES NO CONTEXTO DA ESCOLA. Seminário Institucional Do Pibid - Anais eletrônicos. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/sipae/article/view/9192

Edição

Seção

Resumos