A ARTE TRANSFORMANDO OS ESPAÇOS ARQUITETÔNICOS NA ESCOLA

Autores

  • Sueli Perazzoli Trindade UNOESC
  • Elenice Schuler Unoesc
  • Ana Lúcia Moura UNOESC
  • Angela Maria Soares UNOESC
  • Estela Maris Albuquerque UNOESC
  • Regina Silva de Oliveira UNOESC
  • Sonia Maria Marmentini Borges UNOESC

Resumo

Em virtude da importância do estudo sobre o patrimônio público e cultural no ensino da arte na educação básica, que corresponde à cultura do povo, heranças culturais que existem desde o princípio da humanidade, as quais exigem articulações sobre as reflexões educativas, no contexto educacional esse assunto torna-se imprescindível para a compreensão do que é um patrimônio no contexto histórico de uma instituição escolar. Objetivo: Diante do exposto, o presente estudo teve como objetivo proporcionar aos alunos o conhecimento sobre a importância da preservação dos espaços arquitetônicos na escola. Sendo assim, a arte educação e a cultura possibilitam por meio da linguagem pictórica a transformação das edificações consideradas patrimônio histórico e cultural. Neste contexto, o ambiente é a escola que os alunos frequentam, estudam e desenvolvem os processos do ensino e da aprendizagem na educação básica. Metodologia: Com vistas para a reflexão da preservação do patrimônio público desenvolveu-se a produção artística com os alunos dos 3º anos do Ensino Médio Inovador (EMI), na Escola estadual Adelina Regis. A partir de um estudo dos espaços internos da escola para aplicar a restauração com pinturas, observou-se a necessidade existente na arquitetura da escola. Em seguida, as bolsistas do PIBID dialogaram e refletiram com os alunos sobre o conceito teórico do patrimônio público e cultural na arte e a situação problemática do espaço escolar interno, visando à produção artística por meio da linguagem do desenho e da pintura. A temática apresenta a diversidade cultural do ser humano no contexto histórico, social, cultural e educativo, com figuras sobre a inclusão social, a música, a dança, o teatro e o ser humano, vivenciando a arte e identificando a diversidade cultural no espaço educativo presente na restauração da arquitetura interna, o qual se situa no centro dessa edificação: a escola. Resultados finais: Na concepção dos alunos, das bolsistas e da comunidade escolar considerou-se o projeto relevante nos processos do ensino e da aprendizagem, em razão de ser uma oportunidade para desenvolver competências, habilidades e atitudes com práticas educativas que valorizam o espaço público, a convivência e o trabalho em equipe, a criatividade e a estética na produção artística. Ao observar o contexto educacional, verificou-se que este projeto possibilitou aos alunos um novo olhar sobre o patrimônio público, contribuindo, assim, para uma reflexão quanto à conservação e preservação da arquitetura. Conclusão: A relevância desse projeto do PIBID para os alunos centralizou-se na capacidade crítica, na experiência estética, na subjetividade humana, na convivência por meio da troca de ideias e no trabalho cooperativo e, principalmente, na habilidade de identificar cores, forma, dimensão e espaço, bem como analisar, sentir, descobrir e apreciar trabalhos artísticos, consequentemente, uma aprendizagem significativa com valores educacionais, mudança de atitudes no contexto escolar e também a importância do ensino da arte transformando espaços e possibilitando novas reflexões sobre as imagens presentes no cotidiano, as quais contribuem na formação do aluno, tornando-o protagonista na construção do conhecimento.

Palavras-chave: Arte Educação. Patrimônio Público. Ensino. Aprendizagem.

 

 

 

 

Biografia do Autor

Sueli Perazzoli Trindade, UNOESC

 Coordenadora de área do PIBID no curso de Artes Visuais

Elenice Schuler, Unoesc

Supervisora do subprojeto de Artes Visuais- PIBID

Ana Lúcia Moura, UNOESC

Bolsista do PIBID- Artes Visuais

Angela Maria Soares, UNOESC

Bolsista do PIBID - Artes Visuais

Estela Maris Albuquerque, UNOESC

Bolsista do PIBID -  Artes Visuais

Regina Silva de Oliveira, UNOESC

Bolsista do PIBID - Artes Visuias

Sonia Maria Marmentini Borges, UNOESC

Bolsista do PIBID - Artes Visuais

Referências

ADORNO, Theodor Walter. Teoria estética. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

ARCHER, Michael. Arte contemporânea: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes

CALABRESSE, Osmar. A linguagem da arte. Rio de Janeiro: Globo, 1987.

DE FUSCO, Renato. História da arte contemporânea. Lisboa: Editorial Presença, 1988.

GOMBRICH, E.H. Arte e ilusão. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

OSTROWER, F. Acasos e criação artística. Campus, RJ, 1989.

OSTROWER, Fayga. Universos da Arte. Rio de Janeiro: Campus Ltda, 1983.

Downloads

Publicado

2015-11-20

Como Citar

Perazzoli Trindade, S., Schuler, E., Moura, A. L., Soares, A. M., Albuquerque, E. M., Silva de Oliveira, R., & Marmentini Borges, S. M. (2015). A ARTE TRANSFORMANDO OS ESPAÇOS ARQUITETÔNICOS NA ESCOLA. Seminário Institucional Do Pibid - Anais eletrônicos. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/sipae/article/view/9140

Edição

Seção

Resumos