UMA LEITURA INTERCULTURAL DA MORAL DA COMPAIXÃO DE ARTHUR SCHOPENHAUER ENQUANTO SUPORTE ÉTICO E CRITÍCO PARA O DISCURSO DOS DIREITOS HUMANOS NA ATUALIDADE

  • Paula Pires da silva UNOESC
  • Paulo Hahn

Resumo

A presente temática visa trazer ao centro dos estudos a questão da atualidade de Schopenhauer no campo da moral, da política e dos direitos humanos. Este esforço compreende quatro objetivos gerais: a leitura crítica da situação atual como problema ético; a análise dos textos de Schopenhauer, sobretudo daqueles que tratam da sua filosofia prática, e, assim, apontar também lacunas e limites de sua fundamentação; fundamentar a partir da metafísica da compaixão um princípio ético para o discurso dos direitos humanos e da interculturalidade; e analisar as implicações de tal perspectiva na relação do ser humano com o mundo circundante, especificamente no direito dos animais. Tal percurso permitirá o melhor entendimento e justificação da importância de Schopenhauer nos debates contemporâneos de filosofia moral e política.

Palavras-chaves: Direitos Humanos. Filosofia. Moral.

Biografia do Autor

Paula Pires da silva, UNOESC

Paulo Hahn possui Doutorado em Filosofia pela Universidade de Bremen/Alemanha (2007), Mestrado em Filosofia pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS (2003), Graduação em Filosofia pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ (2000), e realizou estudos Teológicos no Instituto Missioneiro de Teologia - IMT (1996). Atualmente é Professor e Pesquisador do Programa de Pesquisa, Extensão e Pós Graduação em Direito da UNOESC-Chapecó, Professor do Programa de Pós Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (Lato Sensu - Especialização) do CNEC-Gramado/CESF-Farroupilha e também Professor da FTEC-Faculdades de Caxias do Sul. Tem experiência na área de Filosofia Moderna e Contemporânea, Teoria Crítica, Filosofia do Direito, Filosofia Intercultural, Direitos Humanos, Ética e Filosofia Política.


Publicado
19-12-2012