[1]
T. L. Moreira e F. G. Battiston, “TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA PARA AVALIAR A POSIÇÃO DO CATETER DUPLO J ”, SIEPE, p. e28452, set. 2021.