PRESENÇA DE ESTRUTURAS PARASITÁRIAS E SUJIDADES EM AMOSTRAS DE ALFACE PRONTAS PARA O CONSUMO NO MUNICÍPIO DE ANCHIETA

Autores

  • Tiago Mateus Andrade Vidigal
  • Priscila Duarte

Resumo

A alface (Lactuca sativa) é considerada uma das hortaliças folhosas mais importantes para a alimentação saudável. No entanto, esses alimentos podem ser contaminados durante sua produção e manipulação, tornando-se importante veículo de contaminação parasitológica para a população humana. Neste trabalho, a proposta foi avaliar a presença de contaminação parasitológica e de sujidades de alfaces prontas para o consumo, preparadas por residentes do Município de Anchieta, SC. Foram analisadas 20 amostras de alface prontas para o consumo provenientes de 20 diferentes residências. Mesmo após terem passado por processo de lavagem, 50% das amostras apresentaram contaminação por Balantidium coli. 11% das amostras apresentaram estruturas de insetos e 39% apresentaram-se negativas. 90% das amostras avaliadas foram higienizadas apenas com água corrente. Mesmo após processo de higienização, 61% das amostras apresentaram contaminação por protozoários ou sujidade. As amostras higienizadas de forma adequada apresentaram-se negativas. Programas de educação proativos são necessários nas mais variadas etapas de produção e consumo desses alimentos.

Palavras-chave: Parasitologia. Alface. Protozoários. Contaminação.

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

Andrade Vidigal, T. M., & Duarte, P. (2015). PRESENÇA DE ESTRUTURAS PARASITÁRIAS E SUJIDADES EM AMOSTRAS DE ALFACE PRONTAS PARA O CONSUMO NO MUNICÍPIO DE ANCHIETA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/8481

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Ensino