PLANTAS DE COBERTURA EM SISTEMAS AGRÍCOLAS NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO CEDRO – SC

Autores

  • Alexandre Davide Rigon

Resumo

Os solos catarinenses que se encontram degradados e menos produtivos, são resultado das inúmeras práticas inadequadas de cultivo ao longo dos anos. A adubação verde é utilizada pelos agricultores para a redução da degradação, melhorando as propriedades físicas, químicas e biológicas, sendo ainda uma alternativa para a ciclagem de nutrientes e aporte ao solo dos mesmos. Para tanto, a presente pesquisa avaliou a curva de crescimento e a taxa de decomposição da fitomassa de plantas de cobertura de inverno. O experimento foi conduzido em uma área de semeadura direta com um delineamento experimental de blocos casualizados (DBC), com 20 repetições. A semeadura foi realizada no mês de maio de 2014, acompanhando o crescimento das plantas, verificando a curva de crescimento e cobertura do solo pelas espécies em estudo. Em setembro de 2014 a área foi dessecada para posterior coleta e avaliação dos resíduos vegetais. Aos 91 dias após a emergência a aveia preta apresentou uma cobertura de solo de 85%, o centeio atingiu 66% de solo coberto e o azevém 71% de cobertura, logo a aveia preta pode ser considerada a espécie com melhor potencial de cobertura de solo. Avaliando a cobertura após o manejo, a aveia preta apresentou 86% de cobertura do solo aos 15 dias após o manejo e 65% aos 90 dias.     A aveia preta, o centeio e o azevém apresentaram uma fitomassa aos 15 dias após o manejo de aproximadamente 4500, 2300 e 2400 kg por hectare e aos 90 dias após o manejo as mesmas espécies apresentaram valores aproximados de 3200, 1200 e 1400 kg por hectare. O azevém apresenta uma acelerada liberação de nitrogênio, enquanto que a aveia e o centeio se mostram mais eficientes na manutenção de nitrogênio nos resíduos culturais por um período maior de tempo, fator importante que deve ser levado em conta no momento da escolha da espécie a ser utilizada.

Palavras-chave: Plantas de cobertura. Aveia preta. Centeio. Azevém.

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

Rigon, A. D. (2015). PLANTAS DE COBERTURA EM SISTEMAS AGRÍCOLAS NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO CEDRO – SC. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/8443

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Pesquisa