RENDIMENTO DE MASSA SECA E TEOR DE PROTEÍNA NOS MATERIAIS DE AVEIA PRETA (AVENA STRIGOSA SCHREB.), TRIGO TARUMÃ (TRITICUM AESTIVUM L.) E AZEVÉM (LOLIUM MULTIFLORUM L.)

Autores

  • André Sordi
  • Andréa Djeimy Müller
  • Daniel Zanatta
  • Marcelos Domingos Batista da Silva
  • Alceu Cericato
  • Cristiano Reschke Lajús

Resumo

Atualmente, a atividade de bovinocultura leiteira é uma das principais fontes de renda das propriedades de pequeno e médio porte do Oeste de Santa Catarina, respondendo por 74% do volume de produção do Estado (IBGE, 2012, apud JUNIOR, 2014). Tem-se conhecimento sobre o vazio forrageiro nos meses de março a junho, o impacto ocasionado na produtividade e o aumento no custo de produção, resultantes da baixa produção de massa verde (MV) e massa seca (MS) das pastagens. A partir dessa constatação, realizou-se um experimento com o objetivo de avaliar o rendimento de massa verde, massa seca e teor de proteína bruta de três pastagens de inverno, trigo, azevém e aveia, submetidas a dois cortes. Foi conduzido experimento em uma área de plantio direto em uma propriedade situada no Município de São José do Cedro. O delineamento foi conduzido em blocos casualisados, com três tratamentos e sete repetições, cada uma medindo 4 m², totalizando, assim, 21 unidades experimentais. Os dados coletados foram submetidos à análise de variância com teste de significância Tukey, considerando a probabilidade de erro (p<0,5); as análises foram realizadas com o programa estatístico ASSISTAT 7.7 beta. Em relação às variáveis avaliadas, produção de MV, MS e teor de proteína, não houve diferença significativa entre o primeiro e o segundo corte no que se refere à produção de MV, no entanto, houve diferença significativa entre as espécies. Em relação à produção de massa seca, não houve diferença significativa entre o primeiro e o segundo corte, bem como entre as espécies. Na variável teor de proteína, houve diferença significativa entre os cortes e entre os tratamentos. Dessa forma, concluiu-se que existem diferença entre as espécies utilizadas, o que pode interferir na produção de leite.

Palavras-chave: Pastagens. Vazio forrageiro. Produção. Proteína.

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

Sordi, A., Müller, A. D., Zanatta, D., Domingos Batista da Silva, M., Cericato, A., & Reschke Lajús, C. (2015). RENDIMENTO DE MASSA SECA E TEOR DE PROTEÍNA NOS MATERIAIS DE AVEIA PRETA (AVENA STRIGOSA SCHREB.), TRIGO TARUMÃ (TRITICUM AESTIVUM L.) E AZEVÉM (LOLIUM MULTIFLORUM L.). Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/8391

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Ensino