CHAPECOENSE-UNOESC: PROJETO NOVOS CRAQUES

Autores

  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Carlos Miguel Porto Almeida
  • Carlos Miguel Porto Almeida
  • Paulo Pagliari
  • Paulo Pagliari
  • Daniela Zanini
  • Daniela Zanini
  • Juciélly Carla Téo
  • Juciélly Carla Téo
  • Marcos Antônio Cezar
  • Marcos Antônio Cezar
  • Ricardo Antonio de Marco
  • Ricardo Antonio de Marco

Resumo

A inovação de uma empresa, de um clube ou de uma associação depende do esforço realizado pelos seus diretores e funcionários, além da estrutura física e social que propicie um ambiente criativo, do tempo hábil e do investimento em pessoal especializado. Tal estrutura é capaz tanto de identificar problemas quanto de idealizar projetos e, ainda, de produzir novas soluções que garantam a qualidade nos produtos e serviços das instituições envolvidas. Entendendo o universo esportivo e seus problemas cotidianos, a Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus de Chapecó, e a Associação Chapecoense de Futebol criaram um Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (P+D), conexo ao Curso de Educação Física, para auxiliar no desenvolvimento e na estruturação no Projeto da sua Escola de Base. A história da Associação Chapecoense de Futebol (ACF) mostra que desde sua fundação, em 10 de maio de 1973, tornou-se o time de futebol profissional da região Oeste de Santa Catarina com maior estrutura, tanto em resultados sociais quanto em resultados esportivos. Sua ascensão e permanência na Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol, de maneira excepcional, quase galopante, mostra a qualidade do trabalho dos profissionais envolvidos. Não obstante, ao tornar-se referência no futebol nacional, a ACF também se tornou um espelho para os jovens atletas locais. O aumento da demanda por jovens aspirantes ao profissionalismo na região cresceu na mesma medida, fato que exigiu uma posição da ACF frente aos seus torcedores, admiradores e simpatizantes. Determinar a filosofia da Escola de Base, com o objetivo de formar um jogador profissional dentro do perfil que se encaixe naquele desejado pela diretoria do clube, é uma função que exige uma preparação em longo prazo, e para a qual a Escola de Base deve se ocupar. Nesse sentido, um departamento especializado necessitava ser criado. O objetivo principal da Unoesc é oferecer uma formação humana e esportiva de qualidade na região. Em razão da demanda apontada, acredita-se que um Departamento de P+D converge os interesses de ambas instituições, pois ao mesmo tempo que as necessidades da ACF são supridas, a formação de treinadores, a produção de pesquisa, a geração de conhecimentos técnicos e até a produção de patentes poderão ser desenvolvidas em conjunto. Entende-se que todo o processo de inovação ocorrerá à medida que o Projeto Novos Craques atenda às demandas da ACF.

Palavras-chave: Futebol. Base. Formação humana. Inovação. Pesquisa. 

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pela Universidade de Barcelona.

Professor da UNOESC-Chapecó.

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

Zawadzki, P., Porto Almeida, C. M., Porto Almeida, C. M., Pagliari, P., Pagliari, P., Zanini, D., Zanini, D., Téo, J. C., Téo, J. C., Cezar, M. A., Cezar, M. A., de Marco, R. A., & de Marco, R. A. (2015). CHAPECOENSE-UNOESC: PROJETO NOVOS CRAQUES. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/8370

Edição

Seção

Chapecó - Extensão