HIPERTROFIA DE AMÍGDALAS EM CRIANÇAS DO PRÉ-ESCOLAR

Autores

  • Rodrigo de Souza Carvalho UNOESC JOAÇABA
  • Laura Alejandra Balmes Carvalho UNOESC JOAÇABA
  • Tatiana de Oliveira Yokomizo UNOESC JOAÇABA
  • Jovani Antonio Stefani UNOESC JOAÇABA
  • Claudia Sell Coelho UNOESC JOAÇABA

Resumo

A síndrome da apneia hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS) é um conjunto de sinais e sintomas, decorrentes de obstrução parcial ou completa das vias aéreas superiores, que ocorre durante o sono. Em crianças a SAHOS apresenta prevalência em torno de 3%. A obstrução leva à falta de oxigenação cerebral adequada, o que gera sintomas diurnos como sonolência e irritabilidade e, ainda, prejudica o aprendizado e a consolidação da memória. Neste estudo teve-se o objetivo de verificar se crianças com hipertrofia de amígdalas apresentam problemas no desenvolvimento do aprendizado escolar e na consolidação da memória. A importância desta pesquisa é orientar os pais e os professores sobre a importância do reconhecimento precoce de crianças com obstrução de vias aéreas superiores, pois, além de ter tratamento, melhora o aprendizado e a qualidade de vida. Para realizar a investigação, foram selecionadas 160 crianças do pré-escolar, e foi encaminhado o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido aos pais, em que 47 foram autorizadas a participar da pesquisa. As crianças foram submetidas a exame clínico, no qual foram observados sinais como fácies adenoideanas, respiração bucal, irritabilidade e sonolência e ainda foi feito exame de oroscopia a fim de verificar a existência de hipertrofia de amígdala, além de testes destinados aos pais, professores e às crianças. Foram encontradas 22 crianças com hipertrofia de amígdalas. Os resultados sugerem que crianças com hipertrofia de amígdalas têm rendimento escolar inferior em comparação com crianças sem hipertrofia.

Palavras-chave: Apneia do sono tipo obstrutiva. Educação infantil. Transtornos do sono. Atenção. Aprendizagem.

Biografia do Autor

Rodrigo de Souza Carvalho, UNOESC JOAÇABA

Acadêmico do curso de Medicina da Universidade do Oeste de Santa Catarina- Membro da liga de Clínica Médica.

Laura Alejandra Balmes Carvalho, UNOESC JOAÇABA

Acadêmica do curso de Medicina da Universidade do Oeste de Santa Catarina- Membro da Liga de Clínica Médica.

Tatiana de Oliveira Yokomizo, UNOESC JOAÇABA

Neurologista, Professora do curso de Medicina da Universidade do Oeste de Santa Catarina.

Jovani Antonio Stefani, UNOESC JOAÇABA

Audiologista. Doutor em Morfofisiologia e Professor Titular do curso de Medicina e do Programa de Mestrado em Biociências e Saúde da Universidade do Oeste de Santa Catarina.

Claudia Sell Coelho, UNOESC JOAÇABA

Acadêmica do curso de Psicologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina-estagiaria do serviço de atendimento psicológico da Universidade do Oeste de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

de Souza Carvalho, R., Balmes Carvalho, L. A., de Oliveira Yokomizo, T., Stefani, J. A., & Sell Coelho, C. (2015). HIPERTROFIA DE AMÍGDALAS EM CRIANÇAS DO PRÉ-ESCOLAR. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/8256

Edição

Seção

Joaçaba - Pesquisa