A IMPORTÂNCIA DA LUDICIDADE NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Autores

  • Adriana Sernajoto Susin unoesc
  • Marlei Juçara Hachmann UNOESC
  • Francieli Cristina Mantovani UNOESC

Resumo

No atual contexto da educação, a ludicidade é fundamental para uma aprendizagem significativa, já que é um conteúdo trabalhado de maneira prazerosa, atrai a atenção e a curiosidade do aluno, o desejo em aprender algo novo proporcionando interação nos processos pedagógicos. O brincar faz parte da infância proporcionando o desenvolvimento cognitivo, social e motor, permitindo a relação do mundo imaginário com a realidade. Por meio do lúdico, a criança desenvolve e expressa sua criatividade, analisa o mundo que a cerca e transforma a realidade onde vive, ressaltando valores, aprendendo e se desenvolvendo. Sabe-se que para estimular o sujeito e promover seu desenvolvimento é preciso propor atividades desafiadoras, instigantes, prazerosas, que despertem o interesse, e as atividades lúdicas podem ser uma excelente ferramenta pedagógica que envolve os alunos em intensos movimentos de aprendizagem. Dessa forma, procurou-se aperfeiçoar mais os conhecimentos com uma pesquisa-ação, qualitativa, descritiva e exploratória do componente curricular Estágio Curricular Supervisionado em Pedagogia da Unoesc Capinzal, sobre a “Importância da Ludicidade no Processo de Ensino e Aprendizagem na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino fundamental”, com o objetivo de analisar as práticas lúdicas como estratégia para uma melhor aprendizagem dos alunos. Os resultados foram positivos, uma vez que em primeiro momento se realizou uma busca teórica sobre o tema, seguida da elaboração de projeto de pesquisa. Na sequência, foram observadas uma turma de educação infantil grupo 5, e o 4º ano dos anos iniciais, ambas da rede municipal de ensino de Piratuba. A partir do tema e do conteúdo, foram elaborados e aplicados os planos de aula. Assim, pode-se perceber o prazer dos alunos em todas as atividades desenvolvidas de maneira lúdica, em que aos alunos foi possibilitado experimentar e vivenciar situações práticas que oportunizaram relações com o contexto. Foi um grande desafio trabalhar com o sistema apostilado, em razão dos conhecimentos serem disciplinares impedindo a interdisciplinaridade. Ainda assim, foi possível desenvolver atividades lúdicas contextualizadas e significativas. As atividades foram dinâmicas, colocando os alunos como ativos no seu processo de aprendizagem, promovendo a participação, e, ao mesmo tempo que brincaram, aprenderam. Concluindo, constatou-se, pela reação dos alunos, que ainda há pouca vivência de práticas lúdicas no cotidiano das instituições de ensino. Percebeu-se um grande envolvimento dos alunos nas aulas e as práticas lúdicas permitiram excelentes estratégias que os aproximaram do conhecimento. A contextualização e a significação se tornam muito mais evidentes quando a ludicidade está presente no trabalho pedagógico.
Palavras-chave: Lúdico. Estratégias. Práticas. Pesquisa. Ensino.

Biografia do Autor

Adriana Sernajoto Susin, unoesc

Área das ciências das humanidades

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

Sernajoto Susin, A., Hachmann, M. J., & Mantovani, F. C. (2015). A IMPORTÂNCIA DA LUDICIDADE NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/8139

Edição

Seção

Joaçaba - Ensino