A INFLUÊNCIA DA APRENDIZAGEM DA CAPOEIRA SOBRE A DOMINÂNCIA LATERAL EM CRIANÇAS

Autores

  • Patrick Zawadzki Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • João Ramão Martins da Rosa Acadêmico do curso de educação física da Unoesc Chapecó

Resumo

Este trabalho consiste no relato da experiência de supervisão e prática pedagógica no estágio obrigatório do Curso de Licenciatura em Educação Física. As aulas foram desenvolvidas em turmas de primeira à quarta série do ensino fundamental de uma escola municipal da Cidade de Chapecó, SC, tendo como conteúdo a Capoeira, priorizando observar de que forma ela atuou sob a predominância lateral nas crianças durante as aulas no projeto de capoeira aplicado na escola. Adotou-se um diário de campo para os registros das atividades. Partindo da realidade de que as aulas são preparadas para alunos iniciantes e que buscam a primeira graduação dentro da capoeira, foi possível observar as dificuldades encontradas pelos alunos na realização de alguns movimentos básicos, principalmente para o lado que os alunos encontravam maior dificuldade. Surgiram, então, problemas na realização dos movimentos, e a partir disso, foram adotadas técnicas diferenciadas para a resolução desses problemas e logo obtiveram-se resultados positivos em relação à realização das atividades propostas tanto para o lado em que os alunos encontravam dificuldade quanto para o lado em que eles demonstravam predominância lateral. Após melhorarem seus movimentos, os alunos foram submetidos a testes para participarem de um evento de graduação, no qual, por sua vez, deveriam mostrar sua evolução na execução dos movimentos fundamentais para a obtenção de sua primeira graduação. A proposta pedagógica em questão se sustentou sobre a concepção crítico-superada. Embora a riqueza desse conteúdo por si só lhe confira inegável potencial pedagógico, tratá-lo enquanto proposta pedagógica se faz legítima quando se referencia a medida afirmativa de que, sob respaldo da Lei n. 10.639/2003, tornou-se obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira nas escolas públicas. Após todos os testes realizados, determinou-se que, apesar de todas as dificuldades enfrentadas pelos alunos, todos obtiveram melhorias significativas na realização de movimentos os quais outrora eram vistos como de difícil realização por aqueles que a dominância lateral não atuava ou apresentava grande diferença. Visto isso, concluiu-se que a capoeira afetou de forma positiva os alunos envolvidos na pesquisa e, ainda, que uma lista de opções pedagógicas foi criada como referência para futuros professores de capoeira consultarem em casos que se apresentem similares.

Palavras-chave: Capoeira. Lateralidade. Educação física. Estágio. Ensino fundamental.

Biografia do Autor

Patrick Zawadzki, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Doutorando em Educaçao Física, Atividade Física e Esporte pela Universidade de Barcelona.

Professor da UNOESC-Chapecó.

João Ramão Martins da Rosa, Acadêmico do curso de educação física da Unoesc Chapecó

Acadêmico do curso de educação física da Unoesc Chapecó

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

Zawadzki, P., & Ramão Martins da Rosa, J. (2015). A INFLUÊNCIA DA APRENDIZAGEM DA CAPOEIRA SOBRE A DOMINÂNCIA LATERAL EM CRIANÇAS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/7760

Edição

Seção

Chapecó - Ensino