IMPRESSÕES DIGITAIS COMO MARCADORES GENÉTICOS DE APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA

Autores

  • Elisabeth Baretta UNOESC
  • Samile Pizzi
  • Gracielle Fin
  • Maria Rosa Mendes Fiedler
  • Rudy José Nodari Júnior

Resumo

A aptidão física relacionada à saúde recebe influências multifatoriais, relacionadas ao genótipo e ao fenótipo ao qual o indivíduo está exposto, bem como pode indicar fatores de risco para o desenvolvimento de doenças. Indicativos de menor capacidade cardiorrespiratória, por exemplo, associam-se a fatores de risco de doenças vasculares e cardíacas. O presente estudo teve como objetivo relacionar a dermatoglifia aos indicadores de aptidão física relacionada à saúde, verificando a correlação entre a aptidão cardiorrespiratória e a dermatoglifia. A amostra foi constituída por 924 escolares, de instituições de ensinos público e privado, com idades entre 10 e 17 anos, do Município de Joaçaba, Santa Catarina, Brasil. A aptidão cardiorrespiratória foi avaliada por meio do Teste de Corrida/Caminhada de seis minutos, proposto pelo manual do PROESP-BR e, quanto às variáveis dermatoglíficas, uma importante ferramenta de avaliação de marcadores genéticos imutáveis e de desenvolvimento embrionário, extremamente viável quando abordadas grandes populações, foi utilizado o método proposto por Cummins e Midlo para a análise das impressões digitais, que conta atualmente com a estruturação de software de coleta e de análise automatizada, validado por Nodari Júnior e colaboradores. Após a observação de distribuição não normal das variáveis quantitativas, por meio do teste de Kolmogorov-Smirnov, foi realizado o teste não paramétrico Mann-Whitney, para a comparação das variáveis numéricas; o resultado encontrado demonstra que a quantidade de linhas dos desenhos, em MESQL5 e MDSQL4 é significativamente maior no grupo denominado Nível de Alta Aptidão Física, quando comparado ao grupo Nível de Baixa Aptidão. Para tanto, os dados foram estatisticamente correlacionados por meio do software Statistical Package for the Social Science (SPSS) versão 20. Deve-se considerar cautelosamente que a prevalência de atividade física e fatores a ela associados podem interferir no resultado, bem como se sugere que novos estudos correlacionando outras variáveis possam elucidar e corroborar as pesquisas em dermatoglifia.

Palavras-chave: Antropometria. Aptidão física. Adolescente. Dermatoglifia.

Downloads

Publicado

08-09-2015

Como Citar

Baretta, E., Pizzi, S., Fin, G., Mendes Fiedler, M. R., & Nodari Júnior, R. J. (2015). IMPRESSÕES DIGITAIS COMO MARCADORES GENÉTICOS DE APTIDÃO CARDIORRESPIRATÓRIA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/7734

Edição

Seção

Joaçaba - Pesquisa