RELAÇÕES EXISTENTES ENTRE O DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR E A INTELIGÊNCIA (QI) DAS CRIANÇAS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL (PETI)

Autores

  • Eduardo Basso
  • Sandra Lúcia Zanella

Resumo

Diante das inúmeras problemáticas relacionadas ao desenvolvimento e à aprendizagem de crianças em fase escolar esta pesquisa é de grande importância na identificação e no diagnóstico, podendo auxiliar no melhor conhecimento e entendimento desses acontecimentos. Frente a isso, para a realização desta pesquisa, foram analisadas crianças com faixa etária entre 6 e 11 anos, participantes do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) da Unoesc Chapecó. Para avaliar a Inteligência (QI) foi utilizado como instrumento de avaliação o Teste das Matrizes Progressivas Coloridas de Raven, sendo este um teste de inteligência não verbal, indicado principalmente na avaliação de crianças entre 5 e 11 anos e meio, mas que também pode ser aplicado em pessoas com deficiência. No que se refere à avaliação psicomotora foi usada a Escala de Desenvolvimento Motor (EDM), de Francisco Rosa Neto. Esse instrumento consiste em avaliar o desenvolvimento motor de crianças com dificuldades de aprendizagem em nível escolar, dificuldades ou atrasos no desenvolvimento neuropsicomotor, problemas na fala, escrita e cálculo. Diante disso, como objetivo desta pesquisa, buscou-se conhecer as relações existentes entre o desenvolvimento psicomotor e a inteligência (QI) das crianças participantes do PETI, utilizando os instrumentos/testes citados, para então identificar a relação entre idade cronológica, desenvolvimento de inteligência e desenvolvimento motor a partir do comparativo realizado. Para que isso fosse possível, foi utilizada uma metodologia quanti-qualitativa do tipo descritivo, em que a análise dos dados se baseou no manual dos testes e na análise de conteúdo. Ao realizar esta pesquisa foi possível constatar que os indivíduos com dificuldades motoras, na maioria das vezes, apresentam baixo nível de inteligência (QI), e os indivíduos com alto nível de inteligência (QI) apresentaram desenvolvimento motor em nível médio e acima da média, o que permite concluir a forte relação entre essas variáveis. Enfim, foi possível unir a saúde mental/intelectual e física dos sujeitos, galgando à construção consciente do corpo humano em um movimento positivo que reflita de maneira interior, exterior, emocional, psicológica e social.

Palavras-chave: Crianças. Inteligência (QI). Psicomotricidade.  

Downloads

Publicado

29-08-2014

Como Citar

Basso, E., & Zanella, S. L. (2014). RELAÇÕES EXISTENTES ENTRE O DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR E A INTELIGÊNCIA (QI) DAS CRIANÇAS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL (PETI). Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 101. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5787

Edição

Seção

Chapecó - Pesquisa