UTILIZAÇÃO DE MASSA SECA DE PRÓPOLIS VERDE COMO PROMOTOR DE CRESCIMENTO PARA FRANGOS DE CORTE

Autores

  • Tiago Goulart Petrolli Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Osmar José Petrolli
  • Leonardo Demeda
  • Renato Fernando Paludo
  • Rodrigo Villani
  • Mateus Alan Demeda

Resumo

Na alimentação de frangos de corte, a busca por melhorias na eficiência das rações tem levado à utilização de antibióticos, que têm a função de eliminar microrganismos patógenos do trato digestivo das aves, melhorando, assim, a absorção dos nutrientes. Porém, o uso indiscriminado tem levado à geração de microrganismos patógenos resistentes e existe a preocupação de que estes possam atingir não apenas as aves, mas também humanos. Objetivou-se avaliar a adição de massa seca de própolis como promotor de crescimento para frangos de corte de um a 42 dias de idade. O experimento foi realizado no Setor de Avicultura da Universidade do Oeste de Santa Catarina, utilizando 600 pintos no período de um aos 42 dias de idade. Os animais foram distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e seis repetições de 20 aves por unidade experimental. As aves foram pesadas aos 42 dias, para determinação do ganho de peso, consumo de ração e conversão alimentar. Os tratamentos foram: T1) Adição de 10ppm Florfenicol; T2) Controle negativo, sem adição de promotor de crescimento; T3) Adição de 1% Massa seca de Própolis; T4) Adição de 2% Massa seca de Própolis; e T5) Adição de 3% Massa seca de Própolis. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos comparadas pelo Teste de Tukey a 0,05 de significância. Não houve diferença significativa (P˃0,05) entre frangos alimentados com ou sem promotores de crescimento sobre o consumo de ração e conversão alimentar aos 42 dias de idade. Porém, observou-se a melhora (P<0,05) no ganho de peso dos frangos alimentados com 1% de massa seca de própolis, comparado com os frangos que não receberam promotor de crescimento. Conclui-se que a massa seca de própolis pode ser utilizada em substituição ao antibiótico em dietas de frangos de corte, sem haver comprometimento do desempenho.

Palavras-chave: Antibiótico. Aves. Nutrição.

Downloads

Publicado

29-08-2014

Como Citar

Petrolli, T. G., Petrolli, O. J., Demeda, L., Paludo, R. F., Villani, R., & Demeda, M. A. (2014). UTILIZAÇÃO DE MASSA SECA DE PRÓPOLIS VERDE COMO PROMOTOR DE CRESCIMENTO PARA FRANGOS DE CORTE. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 462. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5766

Edição

Seção

Xanxerê - Pesquisa