O OLHAR DA PSICOLOGIA SOCIAL SOBRE A REALIDADE DOS SUJEITOS USUÁRIOS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE

Autores

  • Simone Guimarães
  • Mariane Simionato
  • Edson Pilger Dias Sbeghen

Resumo

Não há como compreender a saúde sem olhar o sujeito em todas as dimensões, biopsicossocial, nesse âmbito, o presente trabalho consistiu em um relato da experiência proporcionada pelo estágio realizado em uma Unidade Básica de Saúde – Estratégia Saúde da Família (ESF) em um município na região Oeste do Estado de Santa Catarina. Foi embasado pela Psicologia Social da Saúde, configurada como um campo de conhecimento e prática que trata das questões psicológicas com enfoque social, coletivo e comunitário para compreender o processo de saúde e de doença. A Estratégia Saúde da Família foi implantada em 1994, com o propósito de modificar o modelo tradicional de proteção do cuidado na saúde, de acordo com os princípios do SUS. Desde então, a psicologia no campo da saúde pública vem modificando conceitos teóricos e técnicas de intervenção clínica para um contexto institucional e social complexo. O objetivo é identificar campos de intervenção na saúde coletiva para levantar ações e serviços de promoção, prevenção, assistência e educação em saúde, considerando a realidade observada, os determinantes sociais e de saúde/doença e a vulnerabilidade social. A articulação da Psicologia Social da Saúde com a ESF apresenta-se como proposta que tem muito a contribuir para ações junto às comunidades, com o objetivo de compor e não substituir; compor um trabalho em que a equipe interaja e funcione como potência de sistemas conversacionais na equipe e que se multiplique em diálogo para toda a comunidade, como estratégia permanente de ação. Faz-se necessário compreender que cada organização tem sua realidade local, sua cultura de relações e as histórias específicas das pessoas que recorrem a esses serviços. Percebe-se que é necessário romper os enfoques tradicionais centrados no indivíduo e potencializar o cuidado na família e não no doente. É fundamental que a visão do sujeito seja integral, abrangendo suas redes de interação, suas necessidades e potenciais de saúde, com olhar ampliado para as relações sociais que se constroem nos modos de vida e de comunidade. Nesse sentido, o psicólogo ocupa uma função importante para articular a equipe de ESF, para proporcionar uma visão integral do ser humano.

Palavras-chave: Estratégia Saúde da Família. Saúde e doença. Profissional da Psicologia. 

Downloads

Publicado

29-08-2014

Como Citar

Guimarães, S., Simionato, M., & Sbeghen, E. P. D. (2014). O OLHAR DA PSICOLOGIA SOCIAL SOBRE A REALIDADE DOS SUJEITOS USUÁRIOS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 394. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5757

Edição

Seção

Xanxerê - Ensino