OBSERVAÇÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIAS NO ENSINO REGULAR

Autores

  • Dirlei Weber Rosa Unoesc
  • Eliane Aparecida Marin
  • Terezinha Lourdes Mazzuco Moro

Resumo

Nas últimas décadas, o conceito de Educação Especial tem suscitado muitas expectativas e dúvidas quanto ao caminho e estratégias que devem ser usadas frente a este público e como estes devem ser inseridos no contexto social e educacional, o que deve ser feito e qual a melhor maneira de trabalhar com esta clientela nas áreas auditiva, visual, motora e intelectual. O Estágio de Observação faz parte do Projeto Pedagógico do Curso de Educação Especial da Unoesc e suas práticas constituem-se em uma das possibilidades de estabelecer a articulação entre os conhecimentos teóricos, construídos no Curso com as práticas vivenciadas nas entidades campo, estabelecendo, assim, a relação teoria-prática e a consequente ampliação dos conhecimentos, com o objetivo de diagnosticar e problematizar a realidade das escolas de Educação Básica e/ou congêneres na área de Educação Especial. Este resumo está relacionado às ações que envolvem a docência com alunos que apresentam deficiência no contexto do ensino regular e na APAE. O objetivo é entender, analisar e até mesmo sentir a prática da inclusão no ensino. Durante a observação, constatou-se que a educação inclusiva procura respeitar as deficiências e diferenças, reconhecendo que todos são diferentes, e que as escolas e os paradigmas de educação precisam se transformar para atender às necessidades individuais de todos os educandos, tenham eles, ou não, algum tipo de necessidade especial.  Essa observação foi de grande importância para a prática como futuras professoras de uma escola inclusiva, ou escola especial, pois propõe que se reflita sobre o processo educativo na perspectiva da inclusão, como também na identificação e no reconhecimento dos procedimentos e dos recursos pedagógicos adaptados às necessidades de cada aluno. Nas observações, analisou-se as metodologias utilizadas pelos profissionais destas escolas, visando compreender melhor como acontece o processo de ensino-aprendizagem no âmbito da educação inclusiva. Como um processo lento e que precisa ser gradual, a aprendizagem dos alunos com deficiência é determinada por um tempo e uma modalidade que cabe aos profissionais da escola oferecer enquanto instituição de ensino. Sabe-se que existe uma grande possibilidade de se buscar e propor conhecer e desenvolver as potencialidades do aluno com deficiência, voltados para a análise dos discursos acerca deles, seja no contexto político, social e escolar inclusivista, ressaltando a sua importância como agente de transformação e um todo no meio social.

Palavras-chave: Educação. Inclusão. Deficiências.

Biografia do Autor

Dirlei Weber Rosa, Unoesc

Professora de Prática e Estágio do Curso de Educação Especial/PARFOR

Downloads

Publicado

04-09-2014

Como Citar

Rosa, D. W., Marin, E. A., & Mazzuco Moro, T. L. (2014). OBSERVAÇÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIAS NO ENSINO REGULAR. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 152. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5746

Edição

Seção

Joaçaba - Ensino