TDAH: IMPLICAÇÕES EMOCIONAIS

Autores

  • Lisandra Antunes Oliveira
  • Ana Paula Oliveira

Resumo

O estudo de cunho qualitativo, seguido do método de pesquisa bibliográfico, teve como objetivos buscar e investigar como o TDAH afeta a vida de crianças em idade escolar e as complicações que esse transtorno traz para a vida escolar de uma criança, observar como a escola, os professores e os colegas lidam com a presença de uma criança portadora do TDAH, verificar se existe diferença de tratamento, positivo ou negativo, entre as crianças, bem como analisar como a família convive com o TDAH de seus membros, além de compreender a vivência de um TDAH para uma criança. Partindo de tal pressuposto, entrevistaram-se alunos com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, pais, professoras e professoras de reforço, aplicando questionários semiestruturados, e buscou-se compreender como ocorre a relação entre eles e as principais implicações escolares e emocionais que são vivenciadas no dia a dia desses alunos. Entre os relatos, é possível perceber que a compreensão do TDAH não ocorre de forma íntegra e positiva no contexto escolar, bem como no ambiente social e familiar, o que acaba causando dificuldades na conduta de pais e professores que, muitas vezes, acabam tratando a criança de forma inadequada, visto que devem tratar cada criança em sua singularidade, intervindo de forma que facilite o processo de aprendizagem, sem fazer com que ela se sinta ou se veja como incapaz e desajustada dos demais. Quanto ao posicionamento familiar, percebeu-se que os pais muitas vezes não compreendem a criança, causando a ela uma falta de apoio, ou agem de forma inadequada, causando-lhes frustração. Assim, torna-se necessário o trabalho em equipes multidisciplinares, para que juntos possam traçar estratégias que facilitem o processo de ensino-aprendizagem dos portadores de TDAH, implicando a eles melhores condições emocionais e autoconfiança, além de aprimoramento e busca por suas potencialidades. Este estudo contribui para instigar profissionais e familiares a buscarem mais conhecimento sobre esse transtorno, além disso, espera-se que passem a ver seus filhos e alunos como crianças com inúmeras potencialidades, a fim de oferecer a elas um ambiente de crescimento e fazer com cheguem ao sucesso escolar.

 

Palavras-chave: Dificuldade de aprendizagem. Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade. Implicações emocionais.

Downloads

Publicado

29-08-2014

Como Citar

Oliveira, L. A., & Oliveira, A. P. (2014). TDAH: IMPLICAÇÕES EMOCIONAIS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 314. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5600

Edição

Seção

São Miguel do Oeste - Pesquisa