RESGATE HISTÓRICO E DE DADOS ARQUITETÔNICOS DA PONTE LUIZ KELLERMAN

Autores

  • Idovino Baldissera UNOESCVDA
  • Patrícia Martins Unoesc Videira

Resumo

A importância histórica de um município pode ser mensurada pela existência de documentos e patrimônio histórico. Essa riqueza cultural, somada aos elementos de sua economia, articulam o presente ao passado na compreensão do que poderá ser o futuro. Um monumento histórico que foi determinante para o surgimento do Município de Videira ocorreu em 1934, quando se fez a substituição da balsa pela ponte pênsil Luiz Kellermann. Foi mais que uma estrutura para unir Perdizes e Vitória, italianos e alemães, tratou-se de um projeto ousado tanto na estrutura quanto na ausência de qualquer metal em sua construção. A difícil busca por informações dessa época limitou a pesquisa e a descrição de todos os intrigantes contornos que envolveram a construção desse pequeno colosso de 67 metros de vão livre e 5 metros de largura. Até 1949, a ponte Luiz Kellermann enfeitou o cartão postal do município e serviu a comunidade local, até ser substituída pela ponte Aderbal Ramos da Silva, estrutura de concreto que perdura até os dias atuais. As fotos resgatadas, bem como a entrevista com alguns dos mais antigos moradores da região, trataram de fornecer informações que mostrem a importância e a complexidade de tal obra, e podem ser visualizadas no projeto. Mergulhando nesse pedaço da história de Videira, deslumbra-se com a garra e a fibra dos italianos e alemães que imigraram para essa região e tem hoje seu DNA enraizado nos habitantes de Videira.

Palavras-chave: Videira. História. Ponte Luiz Kellermann

Biografia do Autor

Idovino Baldissera, UNOESCVDA

ACHS

Patrícia Martins, Unoesc Videira

Acadêmica do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unoesc Videira.

Downloads

Publicado

29-08-2014

Como Citar

Baldissera, I., & Martins, P. (2014). RESGATE HISTÓRICO E DE DADOS ARQUITETÔNICOS DA PONTE LUIZ KELLERMAN. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 359. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5520

Edição

Seção

Videira - Pesquisa