O EXERCÍCIO DA SEXUALIDADE DAS MULHERES AGRICULTORAS DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO OESTE DE SANTA CATARINA

Autores

  • Cleocimar Aigner Paludo Universidade do Oeste de Santa Catarina - campus de Xanxerê
  • Claudete Fiorese Universidade do Oeste de Santa Catarina - campus de Xanxerê.

Resumo

A sexualidade se manifesta em todas as fases da vida de um ser humano, as relações sexuais são relações sociais construídas historicamente e envolvem valores, modelos e estruturas; sua forma de vivenciá-la se modifica ao longo da história da humanidade e influencia os relacionamentos entre os sexos. Este estudo objetivou analisar o exercício da sexualidade de mulheres agricultoras em um município da região Oeste de Santa Catarina. Tratou-se de uma pesquisa quantitativa-qualitativa descritiva. Os sujeitos da pesquisa foram 40 mulheres agricultoras casadas, com idade entre 25 e 60 anos, que vivem em comunidades rurais desse município. Para a coleta de dados foram utilizados entrevista semiestruturada e diário de campo. A educação sexual recebida pela família da maioria das mulheres agricultoras foi omissa pelo pai e repressora pela mãe. Na iniciação sexual, a primeira relação sexual estava sendo esperada. Ela ocorreu com o namorado, na faixa etária dos 16 aos 20 anos e foi vivenciada com felicidade e medo. A vida sexual conjugal atual é percebida como satisfatória, no entanto, as mulheres têm com frequência relação sexual contra a sua vontade. Elas se veem presas a valores culturais que foram internalizados como verdades que as impedem de usufruir do prazer sexual de forma irrestrita e completa junto ao seu cônjuge. Os resultados desta pesquisa enfatizam a necessidade de nortear o planejamento e a execução de um projeto de intervenção de educação sexual para a qualidade das relações afetivo sexuais da mulher agricultora.

Palavras-chave: Sexualidade. Mulheres agricultoras. Vida sexual.

Biografia do Autor

Cleocimar Aigner Paludo, Universidade do Oeste de Santa Catarina - campus de Xanxerê

Docente do curso de Psicologia da Unoesc campus de Xanxerê.

Claudete Fiorese, Universidade do Oeste de Santa Catarina - campus de Xanxerê.

Acadêmica do curso de Psicologia da Unoesc campus de Xanxerê.

Downloads

Publicado

29-08-2014

Como Citar

Paludo, C. A., & Fiorese, C. (2014). O EXERCÍCIO DA SEXUALIDADE DAS MULHERES AGRICULTORAS DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO OESTE DE SANTA CATARINA. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 446. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5518

Edição

Seção

Xanxerê - Pesquisa