O ENSINO DE LÍNGUAS POR MEIO DO ENFOQUE SEMIÓTICO DE PEIRCE

Autores

  • Rose Maria Makowski unoesc
  • Günther Cristiano Butzen UNOESC
  • Debora Fernanda Silva

Resumo

A Semiótica, desenvolvida por Charles Sanders Peirce, investiga o processo de criação de signos, capaz de gerar novas significações, e explica os fenômenos comunicacionais criados no contexto atual. O indivíduo interage com o mundo lendo e escrevendo nas mais diversas linguagens existentes, analisando-as e reformulando-as e, com isso, fazendo com que se multipliquem. Utilizar a Semiótica como recurso metodológico no Ensino de Línguas tem como principal objetivo ampliar a compreensão de leitura, não apenas como atividade verbal, mas como uma prática que pode ser desenvolvida de diversas maneiras, pois, diante do grande número de códigos e linguagens no cotidiano, praticam-se muitas formas de leitura. O trabalho foi dividido em três etapas, com uma turma de ensino médio da Escola de Educação Básica Silvio Santos, de Ouro, SC. Cabe mencionar que as atividades foram desenvolvidas no ensino de Língua Portuguesa e de Língua Inglesa. O trabalho com a Semiótica foi dividido em três etapas. A primeira, baseada no conceito de primeiridade de Peirce. Enfatizou-se a descrição, ou seja, a relação da imagem com ela mesma, explorando suas qualidades, suas características: textura, linhas, suporte, tamanho, cor; nessa etapa, buscou-se capacitar o aluno para o desenvolvimento de textos descritivo, orais e escritos. A segunda etapa foi baseada no conceito de secundidade de Peirce, na qual se enfatizou a relação da imagem com aquilo que ela representa; nessa etapa se fez necessária a contextualização histórica e social das imagens e objetos apresentados. A terceira etapa fundamentou-se no conceito de terceiridade de Peirce, fase da interpretação é a relação da imagem com o leitor, em que o aluno fez as suas interpretações unindo o que aprendeu nas etapas anteriores com o seu conhecimento sobre o assunto. A partir do enfoque semiótico da leitura de imagens foi possível explorar e desenvolver conceitos gramaticais tanto em Língua Inglesa quanto em Língua Portuguesa, um destes foi o conceito de adjetivo. Tal abordagem possibilitou diferentes leituras e interpretações, resultando em uma aprendizagem significativa aos alunos e comprovando que é possível revitalizar o processo de ensino-aprendizagem e a eficiência da comunicação linguística por meio da exploração multissígnica e da conscientização das relações entre significado, significação e sentido. Para a abordagem semiótica, a comunicação humana é maior que a palavra, e carece das informações contidas nos outros signos para se tornar plena e efetiva; com isso, o mito da autoridade gramatical dá lugar à certeza da eficiência comunicativa.

Palavras-chave: Ensino de Línguas. Semiótica. Leitura de imagens.

Biografia do Autor

Rose Maria Makowski, unoesc

área de Ciências Humanas e Sociais

Departamento Educação

Downloads

Publicado

04-09-2014

Como Citar

Makowski, R. M., Butzen, G. C., & Silva, D. F. (2014). O ENSINO DE LÍNGUAS POR MEIO DO ENFOQUE SEMIÓTICO DE PEIRCE. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 151. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5370

Edição

Seção

Joaçaba - Ensino