DIREITO AO PARTO: DIFERENÇAS DA ASSISTÊNCIA NA REDE PÚBLICA E NA PRIVADA DE JOAÇABA, SC

Autores

  • Paula Chitolina Nunes
  • Ângela Wolfardt
  • Roberto Reinert Marques

Resumo

O presente trabalho objetivou analisar os índices de influência e os fatores associados à escolha final da via de parto em hospital da rede pública e privada do Município de Joaçaba, SC. O estudo foi realizado por meio de um delineamento transversal, com aplicação de questionário a 216 mulheres no pós-parto imediato, sendo gravidez única como critério de inclusão no estudo. Coletaram-se dados referentes a fatores sociais do pré-natal, ao obstetra, à experiência reprodutiva da paciente, ao parto e ao meio social em que se inseria, e tais fatores foram relacionados ao modo de atendimento, público ou privado. Após a identificação desses fatores, designaram-se os indicadores de desigualdades sociais do parto, verificando-se o impacto destes na ocorrência de cesariana. Observou-se que as pacientes que realizaram o parto em hospital privado tinham escolaridade e idade mais elevadas em relação às parturientes da rede pública. A taxa de cesariana nos dois hospitais foi alarmante, atingindo a totalidade no hospital privado e correspondendo a 78,3% no hospital público. O fator de maior relevância encontrado neste estudo foi que pacientes que realizaram o pré-natal e o parto com um mesmo obstetra tiveram mais de 15 vezes a chance de cesariana (RC= 15,16; p <0,01) quando comparadas àquelas que tiveram seu pré-natal acompanhado por clínico geral. Concluiu-se que as mulheres atendidas em hospital privado tiveram menor risco obstétrico, maiores números de consultas de pré-natal, foram acompanhadas por obstetras na maioria das vezes e são, paradoxalmente, as que mais almejam a realização de cesariana, tendo maior acesso a esse procedimento. Assim, verificou-se, além do uso excessivo de tecnologias no momento do nascimento, a existência de desigualdades sociais no atendimento ao parto nesse meio.

Palavras-chave: Desigualdades sociais. Taxa de cesariana. Hospital público e privado. 

Downloads

Publicado

03-09-2014

Como Citar

Chitolina Nunes, P., Wolfardt, Ângela, & Marques, R. R. (2014). DIREITO AO PARTO: DIFERENÇAS DA ASSISTÊNCIA NA REDE PÚBLICA E NA PRIVADA DE JOAÇABA, SC. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 127. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5298

Edição

Seção

Joaçaba - Ensino