INVENTÁRIO DOS VERTEBRADOS MARINHOS ENCONTRADOS MORTOS NO MUNICÍPIO DE CIDREIRA, LITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

Autores

  • Caroline Corona Unoesc
  • Fernanda Maurer D´Agostini UNOESC

Resumo

Os espécimes que são encontrados mortos ao longo do litoral têm grande importância para levantamentos de dados biológicos para as pesquisas que são realizadas na área da biologia marinha. Vários fatores influenciam para que a vida marinha seja prejudicada, como a ação antrópica que acontece com frequência nos oceanos do mundo todo, com a pesca que pode causar um declínio na população de diversas espécies, por ficarem presas às redes e com a grande poluição dos oceanos que é ingerida, causando doenças e a morte dos animais marinhos. O objetivo geral deste estudo foi identificar as espécies e quantificar os espécimes que são encontrados mortos no litoral do município de Cidreira, RS, e apontar as possíveis causas da morte. As campanhas foram realizadas de novembro de 2012 a outubro de 2013, uma vez por mês, percorrendo 10 km da praia de Cidreira de carro a uma velocidade média de 10 km/h, observando os vertebrados mortos e utilizando registros fotográficos, além de observações de indícios que possam indicar a causa da morte. Foram realizadas 12 campanhas, sendo percorridos 110 km. Com o término do estudo, encontrou-se 32 espécies e 3170 espécimes mortos; destes, foram encontradas 19 espécies de peixes marinhos, três espécies de quelônios, cinco espécies de aves, duas espécies de pinípedes e três espécies de cetáceos. As espécies encontradas neste estudo são ocorrentes no Estado do Rio Grande do Sul, observando-se um grande número de espécimes encontrados mortos, um grande acúmulo de lixo e restos pesqueiros prejudicando a biodiversidade marinha. É preciso implantar medidas estratégicas para preservar o ambiente marinho.

Palavras-chave: Animais marinhos. Vertebrados. Pesca. Monitoramento. Mortalidade.

Biografia do Autor

Fernanda Maurer D´Agostini, UNOESC

Bióloga formada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Especialista em Sistemática e Biodiversidade Animal (PUCRS), Mestre em Biociências (PUCRS) e Doutora em Zoologia (PUCRS). Atualmente trabalho na linha de pesquisa Biologia de agentes infectocontagiosos da UNOESC.

Downloads

Publicado

04-09-2014

Como Citar

Corona, C., & D´Agostini, F. M. (2014). INVENTÁRIO DOS VERTEBRADOS MARINHOS ENCONTRADOS MORTOS NO MUNICÍPIO DE CIDREIRA, LITORAL DO RIO GRANDE DO SUL. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 140. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5272

Edição

Seção

Joaçaba - Ensino