PERSPECTIVAS DO ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

Autores

  • Irene Aparecida e Sá Affolter Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Ademir Paulo Giraldello Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

A educação cumpre uma função social. Assim, em limiar de um século pragmático, dinâmico e volátil, a escola, bem como a docência, passa a ter novas exigências sociais. Nesse aspecto, para que os sujeitos tenham um concreto engajamento no mundo social, faz-se necessário não apenas o desenvolvimento de habilidades linguísticas na língua vernácula, mas também em uma língua estrangeira. Em vista disso, este trabalho concerniu ao esforço de investigação às principais contribuições de uma base epistemológica especializada acerca das perspectivas do ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras. Da natureza metodológica do trabalho, a pesquisa foi exploratória quanto aos objetivos, e de bibliografia em relação às fontes de informação, sendo a pesquisa bibliográfica amparada pela técnica da documentação indireta, o principal procedimento de coleta de dados. Já com os dados, foram analisados qualitativamente em uma perspectiva crítico-reflexiva, dos quais se obtiveram intrigantes implicações. Primeira, a relevância da aprendizagem, domínio, competência e empenho linguístico-discursivos em uma língua estrangeira no limiar de uma era em que se intensificam as relações internacionais, o progresso tecno-científico, a globalização. Segunda, os fatores que (in)viabilizam o efetivo processo de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras. Destarte, inferindo, existem lacunas e paradigmas educacionais. Por conseguinte, o processo de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras está falho. Um dos primeiros passos à reversão desse panorama é compreender a língua como um fenômeno essencialmente oral, a heterogeneidade da discência, o protagonismo na aprendizagem, enfim, ter a prática pedagógica consolidada na aplicabilidade, utilidade, significação real dos conteúdos e atividades para a aprendizagem discente, e, significativamente, no lúdico.    

Palavras-chave: Educação. Ensino-aprendizagem. Língua estrangeira. Perspectivas. 

Biografia do Autor

Ademir Paulo Giraldello, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas (Língua Inglesa), Língua Portuguesa, Tradução e Revisão de Textos. Atualmente, é professor de inglês e coordenador pedagógico - Escola de Idiomas Wizard -, tradutor e revisor de textos por empreendimento autônomo.

Downloads

Publicado

29-08-2014

Como Citar

e Sá Affolter, I. A., & Giraldello, A. P. (2014). PERSPECTIVAS DO ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, 452. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/5136

Edição

Seção

Xanxerê - Pesquisa