INCIDÊNCIAS DE ZOONOSES PARASITÁRIAS EM CÃES E GATOS NA REGIÃO DE CURITIBANOS, SANTA CATARINA, BRASIL.

Autores

  • Gabriela Fabris Cordeiro Unoesc
  • Ana Paula Praxmarer Unoesc
  • Karen Bruna Tavares Unoesc
  • Aline Kuhn Sbruzzi Pasquali Professora Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campos Novos

Resumo

A incidência de zoonoses parasitárias é frequente em cães e gatos, sendo que a maioria dos abrigos que comporta estes animais geralmente oriundos das ruas, faz com que indiretamente, esse agrupamento de animais aumente a taxa de infecção. O objetivo deste estudo foi realizar um estudo de prevalência de parasitos gastrointestinais em cães e gatos da região de Curitibanos, Santa Catarina. Foram coletadas amostras de fezes de 38 animais que estavam alojados em abrigos e clinícas veterinárias. Dos 38 animais, 35 eram cães e 3 gatos. As amostras foram acondicionadas em caixas isotérmicar e encaminhadas para o laboratório de parasitologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina campus de Campos Novos. A técnica parasitológica utilizada foi Willis mollay para pesquisa de nematódeos. Essa técnica permite visualização de cestódeos e protozoários quando alta carga parasitária. Dentre os 38 animais 71,05% foram positivos para parasito gastrointestinal. Os parasitos mais frequentesnos cães foram 28,95% para Ancylostoma, 18,42%  para Toxocara e Trichuris. Nos gatos os parasitos mais frequentes foram Trichuris  Isospora felis. Vale salientar que destes 71,05% de animais positivos possuíam acesso à rua, sendo assim, aumentando a probabilidade destes animais se contaminarem e adquirir alguma parasitose.

Downloads

Publicado

11-08-2020

Como Citar

Fabris Cordeiro, G., Praxmarer, A. P., Tavares, K. B., & Kuhn Sbruzzi Pasquali, A. (2020). INCIDÊNCIAS DE ZOONOSES PARASITÁRIAS EM CÃES E GATOS NA REGIÃO DE CURITIBANOS, SANTA CATARINA, BRASIL. Seminário De Iniciação Científica E Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão, e25130. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/25130

Edição

Seção

Joaçaba - Pesquisa