PROGRAMA DE TREINAMENTO FUNCIONAL NO ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE II

  • Leonardo Sessi de Brito
  • MARCOS ANTONIO CEZAR Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

O corpo humano é projetado para funcionar como uma unidade, com os músculos
sendo ativados em sequências específicas para produzir um movimento desejado. Em cada
movimento, vários músculos estão envolvidos e todos eles realizam uma função diferente.
A sua capacidade de atrair pessoas de várias idades e estilos de vida e à possibilidade de
ser praticado nos mais diferentes espaços e nas mais diferentes idades fazem com que esse
segmento seja muito forte e tendencioso nas academias. Sendo assim, o treinamento
funcional é um método de treinamento físico que auxilia na melhora da aptidão física
através de movimentos naturais do dia a dia. O objetivo deste programa de estágio foi
resgatar através de um programa de treinamento individualizado e específico, a
capacidade funcional do indivíduo, independentemente de seu nível de condição física e
das atividades que ele desenvolva. Ao final do programa de treinamento os participantes
apresentaram alterações positivas no desenvolvimento das capacidades físicas força,
agilidade, equilíbrio, e resistência aeróbia. Desta maneira, entendemos que o treinamento
funcional é um método que pode ser utilizado para obter saúde geral e melhoria do
condicionamento físico. Com isso treinamento funcional atendeu as expetativas criadas no
início do programa, promovendo adaptações positiva nos seus praticantes. Conclui-se que
a vivência durante a disciplina de estágio profissionalizante II é fundamental no processo
de formação do futuro profissional de Educação Física.

Publicado
23-08-2019
Como Citar
Brito, L. S. de, & CEZAR, M. A. (2019). PROGRAMA DE TREINAMENTO FUNCIONAL NO ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE II. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária, e21726. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/21726
Edição
Seção
Chapecó - Ensino