PERCEPÇÃO DO PERITO CONTÁBIL QUANTO AOS FATORES FACILITADORES E LIMITADORES PARA DESENVOLVER UMA PERÍCIA

  • Daniela Corradi UNOESC
  • David Rodrigo Petry UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina

Biografia do Autor

David Rodrigo Petry, UNOESC - Universidade do Oeste de Santa Catarina
Mestrando Profissional em Administração - Ênfase em Agronegócio pela Unoesc - Chapecó; Pós-Graduado em Planejamento Estratégico - Controladoria e Finanças pela UNOESC - Xanxerê (2014). Graduado em Ciências Contábeis pela UNOESC - Xanxerê (2013). Experiência na área de Compras de 3 anos. Atuou como Supervisor de Suprimentos e Logística em uma Indústria Metalúrgica. Atualmente é Sócio-Administrador de uma indústria de alimentos, atua como Gerente Administrativo em uma Holding de Participações S/A de Capital Fechado. Perito Contábil da 12ª Vara do Trabalho de Santa Catarina - Xanxerê.
Publicado
09-10-2019
Como Citar
Corradi, D., & Petry, D. R. (2019). PERCEPÇÃO DO PERITO CONTÁBIL QUANTO AOS FATORES FACILITADORES E LIMITADORES PARA DESENVOLVER UMA PERÍCIA. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária, e21630. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/21630
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Ensino