PAPÉIS DE GÊNERO E TRABALHO: UMA VISÃO ACADÊMICA

  • Fábio Augusto Lise Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC

Resumo

Este trabalho é financiado pela bolsa de pesquisa do art. 170 vinculado ao programa UNIEDU. Os papéis de gênero são comportamentos, regras e pressupostos esperados de homens e mulheres, e que delimitam a participação de cada um em sociedade. Considerando isto este estudo tem por objetivo compreender o impacto que a identificação de gênero possui na vida das professoras. Como objetivos específicos pretende-se verificar o quanto a identificação de gênero que as professoras possuem interferem na forma que elas se veem e nas escolhas que elas fazem, envolvendo principalmente o trabalho. Esta será uma pesquisa quantitativa e qualitativa explicativa. Como instrumento aplicar-se-á um questionário online numa amostra de 100 professoras universitárias que estejam atuando nesta função por no mínimo um ano, que possuam entre 20 e 40 anos e que lecionem em cursos onde a temática "Gênero" não é trabalhada curricularmente em sala de aula. A análise dos dados será realizada utilizando o método de análise de conteúdo. Acredita-se que ao final do estudo será possível visualizar a influência da identidade de gênero na constituição da subjetividade destas professoras, bem como, verificar o quanto o gênero pode interferir diretamente na escolha das profissões e nas áreas de interesse, além de ser um grande norteador do trabalho desempenhado por estas profissionais.

Publicado
07-08-2019
Como Citar
Lise, F. A. (2019). PAPÉIS DE GÊNERO E TRABALHO: UMA VISÃO ACADÊMICA. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária, e21564. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/21564
Edição
Seção
Chapecó - Pesquisa