Direito e Vidas Secas

  • Dirce - Welchen Unoesc/Chapecó
  • Daniel Silva Torres Unoesc, campus de Chapecó
  • Dirce Welchen Unoesc, Campus de Chapecó.

Resumo

O objetivo do texto é demonstrar a relação entre Direito e Literatura, especificamente, com base em Vidas Secas, de Graciliano Ramos. Antes de tratar dessa relação, convém esclarecer o seu enredo. Conta a história de uma família nordestina, nômade, em busca da sobrevivência em meio a uma situação de extrema pobreza, abandono e vidas secas. A família é composta pelo vaqueiro Fabiano, sua esposa Sinha Vitória, o menino mais velho e o menino mais novo, e pela cachorra Baleia. No início da trama, deixam o lugar onde moram e chegam a uma fazendo abandonada. Ali se instalam, até que entra em cena o fazendeiro patrão, o qual faz um contrato com Fabiano. A família passa a trabalhar por 25% da produção, mas, em cada acerto, é explorada. No fim, muda-se novamente, e a escassez da água e de direitos permanece. Relativo à relação com o Direito, Vidas secas, por meio da palavra, fala da própria privação da palavra. Existe escassez não só de águas, todavia, de palavras, pelo excesso de palavras das autoridades, exemplificado, quando Fabiano é preso pelo Soldado Amarelo, sem entender o porquê, porém não consegue expressar-se.  Os filhos de Fabiano são privados até de nomes próprios. Total descaso social, nem direito a nomes eles têm, portanto, sem identidade. O Direito define as coisas, mas os meninos não sabem os nomes das coisas.  A essência fundamental de todo ser humano, o direito mais básico, o qual respalda os demais direitos, é a condição da linguagem, pois as palavras dão acesso ao outro, mas esse direito e todos os demais são negados à família de Fabiano.

Biografia do Autor

Dirce - Welchen, Unoesc/Chapecó

Professora de Língua Portuguesa, Produção de Textos, Comunicação Empresarial da Unoesc de Chapecó, estando vinculada à área das Ciências Sociais e Aplicadas. Na Unoesc de Xanxerê, trabalhou os seguintes componentes curriculares no Curso de Letras: Prática e Investigação Educativa em Letras I e II; Estágio Curricular Supervisionado em Língua Portuguesa e Literatura da Língua Portuguesa no Ensino Médio; Língua Portuguesa VII. Foi professora da Unoesc de São Miguel do Oeste/SC por 12 anos, período em que trabalhou no Curso de Letras e disciplinas nos demais cursos da graduação.

Daniel Silva Torres, Unoesc, campus de Chapecó
Acadêmico do sexto período do Curso de Direito da Unoesc, campus de Chapecó.
Dirce Welchen, Unoesc, Campus de Chapecó.
Professora com formação em Letras, mestrado e doutorado na área. Trabalha com Produção de Texto, Metodologia Científica.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Welchen, D., Torres, D., & Welchen, D. (2018). Direito e Vidas Secas. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18788
Edição
Seção
Chapecó - Ensino