TRANSPARÊNCIA E PRESTAÇÃO DE CONTAS À SOCIEDADE: o caso das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais de Santa Catarina

  • Fabiana Da Costa
  • Andreia Engler Bilibio

Resumo

O objetivo desse estudo foi de verificar o nível de transparência e prestação de contas dos recursos destinado as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Santa Catarina. A pesquisa caracteriza-se como descritiva, utiliza técnicas de levantamento com abordagem quantitativa. A população da pesquisa estabeleceu-se por 190 APAES filiadas a FEAPAES-SC, e a amostra constituiu-se por 70 organizações, correspondendo a 36,85% da população. Entre os resultados da pesquisa, demonstra-se que as APAES divulgam suas atividades por meio de redes sociais, revistas e jornais assim como veiculação em emissoras de rádios locais, pouca utilização de site institucional. A divulgação dos resultados financeiros sãos realizados por meio de relatórios contábeis em assembleia para quem quiser participar. Desta forma, conclui-se que as APAES utilizam-se de ferramentas de gestão como planejamento estratégico, planejamento orçamentário e plano de trabalho para prestar contas dos recursos captados junto aos órgãos públicos e privados, permitindo evidenciar o gerenciamento dos recursos que lhe foram confiados.

 

Publicado
28-08-2018
Como Citar
Da Costa, F., & Bilibio, A. (2018). TRANSPARÊNCIA E PRESTAÇÃO DE CONTAS À SOCIEDADE: o caso das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais de Santa Catarina. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18737