O CUIDADOR DE IDOSOS: PERCEPÇÕES E MOTIVAÇÕES NO ATO DE CUIDAR

  • Vanessa Ficagna Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus de Pinhalzinho -SC
  • Angela Maria Bavaresco Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus de São Miguel do Oeste

Resumo

Este estudo tem como objetivo compreender as percepções e motivações dos cuidadores informais de idosos. Propõe conhecer suas experiências vividas no processo de cuidar. É uma pesquisa qualitativa tendo como instrumento para coleta de dados uma entrevista com perguntas semiestruturadas. A amostra constituiu-se por cinco cuidadores informais de idosos, todas do sexo feminino. As entrevistas foram gravadas e transcritas mediante termo de consentimento livre e esclarecido e  os dados foram submetidos à análise de conteúdo. Sobre os resultados da pesquisa verificou-se que todos os entrevistados relataram que iniciaram a sua vida de cuidador de idosos cuidando dos próprios pais que por motivo de doenças adoeceram rapidamente e não puderam mais realizar as tarefas diárias e básicas sozinhos. Apesar das dificuldades na rotina e no processo de cuidar, os cuidadores entrevistados demonstraram se sentir bem e consideravelmente felizes em poder ajudar seus familiares idosos dependentes, afirmaram ser um prazer, gratidão e uma obrigação moral. Entre os sentimentos apresentados houve alguns contraditórios, tais como: medo, receio, dedicação, respeito, zelo, liberdade, otimismo, carinho, paciência e interesse, como formas de motivações para o enfrentamento de situações difíceis no decorrer do processo de cuidar. Sugere-se mais estudos na área os quais trarão não só resultados para os cuidadores como também para os idosos, pois na ausência de sobrecarga e desconfortos o cuidador prestará o cuidado de forma mais eficiente.        

Biografia do Autor

Vanessa Ficagna, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus de Pinhalzinho -SC
Pós-Graduanda em avaliação psicológica pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC, Campus de Pinhalzinho, SC.
Angela Maria Bavaresco, Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campus de São Miguel do Oeste

Professora do Curso de Graduação em Psicologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC – Campus de São Miguel do Oeste. Mestre em Ciencias da Saude Humana.

Publicado
28-08-2018
Como Citar
Ficagna, V., & Bavaresco, A. M. (2018). O CUIDADOR DE IDOSOS: PERCEPÇÕES E MOTIVAÇÕES NO ATO DE CUIDAR. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18679
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Ensino