UTILIZAÇÃO DO REJEITO DA MINERAÇÃO DE CARVÃO NA REDUÇÃO DE CROMO (VI)

  • Sabrina Munaro Unoesc
  • Jean Carlo Salomé dos Santos Menezes Unoesc
  • Petrick Anderson SOARES Unoesc Programa de Mestrado em Ciência e Biotecnologia

Resumo

pirita é o principal resíduo da mineração de carvão, sua má disposição contribui para a formação da drenagem ácida de minas (DAM) que pode ser prejudicial quando alcança corpos hídricos. Regulamentações ambientais rigorosas pediram alternativas para lidar com problemas de processamento de minério. Em sua composição a pirita possue grandes quantidades de bissulfeto de ferro, apresentando potencial de aproveitamento do rejeito como fonte de ferro para redução de Cr (VI) para o Cr (VI), sendo o objetivo do presente trabalho. Adsorção nos resíduos de mineração de carvão foram avaliados e constatou-se que a pirita possui alto potencial de adsorção. Foi estudados o efeito do pH da solução, da dosagem de pirita, da presença de ácido cítrico (CIT), bem como, o reuso de pirita na taxa de redução de cromo (VI) para o cromo (III). Concentrações mais elevadas de pirita resultaram em aumento na taxa de redução de Cr (VI), ainda verificou-se que a melhor taxa de reação aconteceu em pH 3. Em soluções com 35 mg Cr6+/L observou-se um melhor desempenho reacional com razão molar de 1:3 (Cr6+:CIT). Sendo submetida ao reuso (8 ciclos), a pirita perdeu efeciência, mas manteve-se constante, atingindo 50% de redução de Cr (VI). Como forma de contornar a redução da eficiência após os ciclos consecutivos, a pirita pode ser utilizada empacotada em coluna filtrante, uma vez que apresentou alta eficiência na redução do cromo (VI), podendo ser uma opção no tratamento de águas residuárias.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Munaro, S., Menezes, J., & SOARES, P. (2018). UTILIZAÇÃO DO REJEITO DA MINERAÇÃO DE CARVÃO NA REDUÇÃO DE CROMO (VI). Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18656