Organização da Atenção Básica por uma Estratégia Coletiva

  • Larissa de Almeida Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • William Cesar Gavasso Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Aline Michele Denbinski
  • Kelly Greici Holfelder
  • Sofia Mileide Batista

Resumo

O Grupo De Bem com a Vida foi inicialmente proposto em meados de 2012 como forma de integrar atenção coletiva à atenção individual de pessoas residentes nas areas rurais do município de Herval d´Oeste. A principal finalidade do grupo é melhorar o estilo de vida da população portadora de doenças crônicas,  focando em prevenção primária e secundária. O grupo conta atualmente em cerca de 150 participantes, sendo divididos em 4 grupos distintos. A cada semana, a equipe visita um grupo, abordando um tema de relevância social e assistencial levantada pelos seus integrantes e a equipe de saúde. Para avaliar o estilo de vida dos hipertensos utilizou-se o “Questionário de Estilo de Vida Fantástico” (FANTASTIC) foram quantificados os dados dos exames laboratoriais de creatinina, colesterol total, triglicerídeos e glicemia, para detectar riscos de doenças cardiovasculares e de função renal. Para 79% das pessoas, o grupo demonstrou grande impacto em suas vidas, correspondendo uma estratégia de grande relevancia. Com relação aos exames laboratoriais, 73% demonstraram melhoria no colesterol total, 85% melhoria na creatinina, 54% de melhoria na glicemia de jejum e 75% na melhoria dos triglicerídeos. Para a melhoria do estilo de vida, 98,6% apresentaram um estilo excelente, muito bom ou bom, após a sua introdução dentro do grupo. Através da análise da experiência foi possível concluir que o grupo De Bem com Vida trouxe uma influência positiva nos seus participantes.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
de Almeida, L., Gavasso, W., Denbinski, A., Holfelder, K., & Batista, S. (2018). Organização da Atenção Básica por uma Estratégia Coletiva. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18655
Edição
Seção
Joaçaba - Pesquisa