IMPORTÂNCIA DA HUMANIZAÇÃO EM AMBIENTES DE TRABALHO

  • Thaíris de Sena Granzotto Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Márcia Regina Sartori Damo Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Rachel Battiston Dall'Agnol Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Susan Lee Gorham Miolo Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

arquitetura, além de cumprir a função de abrigar, é capaz de provocar sentimentos e sensações nos seus usuários. A psicologia ambiental abrange várias áreas do conhecimento como psicologia, sociologia e arquitetura e tem a finalidade de fazer com que os indivíduos se reconheçam em um determinado ambiente. Isso  significa que a forma como o ambiente é organizado e caracterizado interfere diretamente no comportamento das pessoas. Nesse contexto percebe-se que o ambiente de trabalho está intimamente ligado ao bem-estar dos funcionários, e consequentemente, ao engajamento dentro de suas funções específicas dentro da empresa. Ambientes visualmente bem equilibrados em formas, cores, texturas, temperatura, iluminação e ventilação, que possobilitam a intervenção pessoal do funcionários, como por exemplo, expressar a identidade por meio do posicionamento de porta-retratos ou outros obejtos pessoais, deixam as pessoas mais felizes. Os indicadores econômicos de empresas que permitem espaços humanizados são superiores aos das empresas em que os trabalhadores se sentem desmotivados. Conclui-se portanto, que a arquitetura contribui significativamente para a valorização do individuo dentro do ambiente de trabalho e para a saúde econômica do empreendimento.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Granzotto, T., Damo, M., Dall’Agnol, R., & Miolo, S. (2018). IMPORTÂNCIA DA HUMANIZAÇÃO EM AMBIENTES DE TRABALHO. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18632
Edição
Seção
Chapecó - Ensino