ANATOMIA SINALIZADA: UM ENSINO PARA SURDOS

Resumo

As principais dificuldades encontradas no ensino superior no processo de ensino e aprendizagem em sala com acadêmicos surdos são: sinais para termos técnicos, dificuldade de compreensão de terminologias específicas,  dificuldades de interpretação dos termos técnicos que não posuem sinais. O problema de compreensão das terminologias específicas para o ensino de anatomia aos surdos é o foco deste projeto. Quando o acadêmico surdo reprova em um componente curricular, sempre há momentos de reflexões sobre o que acarretou a reprovação, entre as reflexões são indagados; o acadêmico compreende as terminologias específicas da anatomia? A interpretação dos termos técnicos que não possuem sinais na Língua Brasileira de Sinais (Libras) possibilitam a aprendizagem ao surdo?  Essas e outras reflexões são estruturadas no momento em que compreendemos que o ensino superior, assim como a educação básica, também possui papel fundamental na inclusão dos surdos, pois é nele que o sujeito tem a possibilidade de desenvolver-se ativamente e aprender os conhecimentos necessários para sua atuação profissional. No entanto, é necessário compreender que a diferença linguística nos processos de aprendizagem e de ensino ao surdo é o principal desafio. Entende-se que a possibilidade de superação desses desafios é a elaboração de um dicionário de sinais para as terminologias específicas da anatomia estruturado em e na Libras para possibilitar que efetivamente ocorra a apropriação e ampliação dos conhceimento científicos da anatomia aos acadêmicos surdos.

Biografia do Autor

Marineiva Moro, Unoesc Chapecó

Professora de Libras

Professora dos cursos de Educação Física e Pedagogia Unoesc Chapecó. 

Ivonaldo Teles, Unoesc Chapecó
Acadêmico do curso de Educação Física Unoesc Chapecó
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Téo, J., Moro, M., & Teles, I. (2018). ANATOMIA SINALIZADA: UM ENSINO PARA SURDOS. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18620
Edição
Seção
Chapecó - Ensino