DESCRIÇÃO HISTOPATOLÓGICA DE LESÕES PULMONARES COMO CAUSA DE CONDENAÇÕES EM ABATEDOUROS SUÍNOS DO OESTE CATARINENSE.

  • Gustavo Willian Pandolfo Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Ester Antonia Bianchet Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Bruna Fernanda de Ávila Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Daniele Cristine Beuron Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Suyene Oltramari de Souza Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

O confinamento intensivo trouxe como resultado o aumento de doenças na produção. A monitoria sanitária no abate de suínos verifica, não apenas o descarte de vísceras impróprias para o consumo, mas também trata essas informações como subsídio para a realização de vigilância sanitária epidemiológica e monitoramento da sanidade dos rebanhos. As pneumonias estão entre os principais problemas sanitários da suinocultura tecnificada. O objetivo do presente estudo foi avaliar através do exame histopatológico e bacteriológico, os agentes envolvidos nas pneumonias de suínos, observadas no abatedouro. A principal patologia observada foi a pleurite, e o principal agente envolvido nas lesões do presente estudo foi o Actinobacillus pleuropneumoniae, seguido do Arcanobacterium sp.  Em alguns casos as infecções foram concomitantes por mais de um agente infeccioso, demonstrando a importância dos exames laboratoriais a partir de amostras de abatedouro, para conhecer os patógenos envolvidos nas lesões pulmonares.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Pandolfo, G., Bianchet, E., Ávila, B., Beuron, D., & Souza, S. (2018). DESCRIÇÃO HISTOPATOLÓGICA DE LESÕES PULMONARES COMO CAUSA DE CONDENAÇÕES EM ABATEDOUROS SUÍNOS DO OESTE CATARINENSE. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18597
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Pesquisa