AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DO TRATAMENTO DE SEMENTES DE FEIJÃO COM INSETICIDA

  • Cristiane Pain Universidade Do Oeste De Santa Catarina
  • Rafaela Gubert
  • Susiane Chiamulera Migliavacca
  • Leonardo Piccoli Metzdorf
  • Cristiano Nunes Nesi

Resumo

O tratamento de sementes de Feijão com Inseticidas é bastante utilizado para controle de pragas iniciais e manutenção do estande inicial de plantas. O objetivo desse estudo foi avaliar a germinação de sementes das cultivares de feijão Predileto (PR  e Riqueza(RI), submentendo-as a um tratamento sementes utilizando o Inseticida Tiametoxan 350g/L (CRUISER® 350 FS – Syngenta) na dose de 218 mL/100 kg de sementes. O experimento era composto de quatro tratamentos com quatro repetições cada tratamento, no delineamento inteiramente casualizado e esquema fatorial: Predileto (PR) com tratamento de sementes; Predileto (PR) sem tratamento de sementes; Riqueza (RI) com tratamento de sementes; Riqueza (RI) sem tratamento de sementes. Para a semeadura foram utilizadas bandejas de isopor com 200 células e substrato apropriado para germinação de sementes. Após a semeadura as bandejas foram acondicionadas de forma aleatória em estufa, com irrigação duas vezes ao dia, e eram redistribuídas a cada três dias. O parâmetro utilizado para determinar que as plantas estavam germinadas foi de duas folhas totalmente expandidas. As unidades experimentais foram colhidas 25 dias após a semeadura, sendo submetidas a avaliação de Germinação, Matéria Verde e Matéria Seca. Os dados  foram submetidos a análise de regressão e de variância  com o Ambiente R. Não se observou  efeito significativo de variedade, de tratamento de sementes ou interação.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Pain, C., Gubert, R., Chiamulera Migliavacca, S., Piccoli Metzdorf, L., & Nunes Nesi, C. (2018). AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DO TRATAMENTO DE SEMENTES DE FEIJÃO COM INSETICIDA. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18565
Edição
Seção
Xanxerê - Ensino