ESTUDO PARA IMPLANTAÇÃO DE COLETA SELETIVA NO MUNICÍPIO DE RIO DAS ANTAS

  • MARTA VERONICA BUSS UNOESC

Resumo

O aumento da geração de resíduos sólidos configura um dos problemas mais complexos da atualidade. O crescimento populacional aliado ao estilo de vida baseado no modelo capitalista tem impactado diretamente no volume de resíduos gerados e, no meio ambiente. O desafio da sociedade e seus gestores públicos é realizar a elaboração de planos de gestão eficientes e integrais, que visem a destinação correta destes resíduos. Um dos instrumentos para a gestão integrada é a implantação de programas de coleta seletiva. Neste contexto, o presente estudo teve por objetivo avaliar o processo de implantação de um programa de Coleta Seletiva no município de Rio das Antas, com o intuito de levantar indicadores de viabilidade que propiciem a aplicação do mesmo. A metodologia empregada caracterizou e quantificou o potencial de geração de resíduos sólidos urbanos no município, baseados em estudos bibliográficos realizados no estado e em regiões próximas da realidade local. Os resultados apontaram que a parcela de resíduo reciclável gerado em relação a montante é considerável. Cerca de 79% da fração é composta por materiais passíveis de reciclagem, dos quais 41% de material orgânico e 38% de materiais recicláveis.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
BUSS, M. (2018). ESTUDO PARA IMPLANTAÇÃO DE COLETA SELETIVA NO MUNICÍPIO DE RIO DAS ANTAS. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18529