TRISTEZA PARASITÁRIA BOVINA EM BOVINO DE HERVAL D' OESSTE, SANTA CATARINA - RELATO DE CASO

  • Diana Cortellini
  • Gabriela Saguanini
  • Aline Kuhn Sbruzzi Pasquali Professora Universidade do Oeste de Santa Catarina - Campos Novos

Resumo

A tristeza parasitária bovina é uma importante afecção causadora de prejuízos para a pecuária. Essa doença tem como agentes etiológicos a Babesia sp. (protozoário) e Anaplasma sp.  (Rickettsia intracelular obrigatória), ambos agentes transmitidos por carrapatos. Este trabalho teve por objetivo verificar a presença ou ausência da doença e suas alterações hematológicas. Para isso foi realizada a coleta de sangue de um bovino de aproximadamente um ano de idade e duzentos e cinquenta quilos. O animal apresentava-se apático, com redução de ingesta, anorexia, mucosas hipocoradas, presença de ectoparasitos (Boophilus microplus) e hipertermia (40,2°C). Posteriormente foram realizados exames, tais como: hematócrito, pesquisa de hemoparasitoses, leucograma total e diferenciado, ureia, creatinina e aspartato transaminase (AST). Os resultados apontaram a positividade à doença, com presença de Anaplasma marginalle no interior das hemácias, diminuição do hematócrito indicando anemia, leucocitose por neutrofilia sugerindo processo infeccioso, ureia abaixo dos valores de referência, alteração por aumento de creatinina e AST. Ao fim dos exames foi possível afirmar a ocorrência da doença e que esta provocou diversas e importantes alterações hematológicas. É de grande importância a descoberta do agente causar da doença, para realização de tratamentos evitando possíveis perdas econômicas.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Cortellini, D., Saguanini, G., & Pasquali, A. (2018). TRISTEZA PARASITÁRIA BOVINA EM BOVINO DE HERVAL D’ OESSTE, SANTA CATARINA - RELATO DE CASO. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18505