ADOECIMENTO MENTAL E AS BARREIRAS DE ACESSO AO AUXILIO DOENÇA

  • Camília Susana Faler UNOESC
  • CESAR VITOR PANAZZOLO CAMARGO UNOESC

Resumo

Os transtornos mentais são a terceira principal causa de concessão de benefício previdenciário por incapacidade no Brasil. A exposição ocupacional a estressores psicossociais pode comprometer a saúde mental dos trabalhadores. Os transtornos mentais atingem os sujeitos nas condições, acesso e permanente no mercado de trabalho. Saúde Mental e trabalho torna-se uma questão a ser problematizada. O presente estudo intitula-se Saúde mental relações com o trabalho e benefícios previdenciários, dilemas entre o adoecimento e o acesso as políticas públicas de seguridade social, financiado pela bolsa UNIEDU. Tem como objetivo apontar os aspectos advindos do trabalho  que corroboram para a constituição da saúde mental em sujeitos que buscam atendimento no Centro de atenção Psicossocial e a inclusão os benefícios previdenciários. Trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem mista quantitativa e qualitativa. Tal estudo pretende compreender as relações entre saúde mental, acesso aos benefícios da previdência social especialmente auxilio doença diante do adoecimento mental. Os achados ainda em andamento pretendem apontar os indicadores de transtornos mentais e acesso aos beneficios previdenciários em chapeco e na região. A partir destes dados pode-se planejar  medidas preventivas voltadas ao enfrentamento ao adoecimento mental e suas relçaões com o traballho.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Faler, C. S., & CAMARGO, C. V. P. (2018). ADOECIMENTO MENTAL E AS BARREIRAS DE ACESSO AO AUXILIO DOENÇA. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18485
Edição
Seção
Chapecó - Pesquisa