PRÁTICAS E REALIDADES: DA TEORIA AO CAMPO DE ATUAÇÃO

  • Juliane Brogliato Albuquerque Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
  • Paula Regina Palavro

Resumo

As Atividades de Extensão tornam-se um componente curricular que estimula estudos e amplia a formação do aluno, aprimorando a relação teoria e prática. O projeto apresenta como objetivos: I)Proporcionar a interação do acadêmico com meio escolar; II)Aproximar a Universidade da comunidade. III)Oportunizar a atuação do acadêmico nas diversas dimensões da educação básica. Entende-se que  a formação inicial não  supri todas  as questões  a  serem  trabalhadas  nos  espaços  escolares, tampouco  esgota  as  discussões  e conteúdo a serem transmitidos. Desse modo, estar em contato com  o  futuro “lócus” em  que  pretende-se  atuar  é  de grande  relevância,  pois, permite que  o  acadêmico adquira  vivências  e  experiências significativas para sua formação.  Assim sendo, os  futuros  docentes contribuem  com  a  formação  social  a partir do que é  aprendido na graduação. As ações de extensão agregam para  tal,  pois  nos  espaços  escolares  e  institucionais  a  educação  tem  um  papel relevante  na  mediação  de  conhecimentos,  colaborando  com  o  entendimento  acerca da prática docente nas diversas dimensões além de conhecer a rotina escolar e do fazer docente. Contata-se que atrelar a  formação  com  práticas  de  extensão  possibilita ao aluno desenvolver  atividades  que  envolvam  a  tríade  acadêmica  de  modo  articulado, corroborando  com  a  formação  global  e  ampla  de  todos os  envolvidos  tornando-os  cidadãos atuantes, críticos no que refere-se ao mundo que o cerca.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Brogliato Albuquerque, J., & Palavro, P. (2018). PRÁTICAS E REALIDADES: DA TEORIA AO CAMPO DE ATUAÇÃO. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18472