DO CONFLITO AO DIÁLOGO: SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS POR PROFISSIONAIS DA PSICOLOGIA À PRÁTICA DA MEDIAÇÃO FAMILIAR

  • Loridane Meotti Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Aline Bogoni Costa Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

Introdução: Entende-se por significado do trabalho as representações que uma pessoa elabora sobre suas atividades em termos individual, grupal e social, construindo um conjunto de valores e crenças que se modificam em função das novas experiências. Objetivo: Este artigo apresenta um estudo de caráter qualitativo que objetivou identificar os significados atribuídos à prática profissional de profissionais da Psicologia no contexto judicial da mediação familiar. Método: Foram participantes quatro psicólogas, por meio da aplicação de um questionário com perguntas fechadas e abertas, cujos dados e informações foram interpretados por meio da análise de conteúdo. Resultados: Foram identificadas cinco grandes categorias de conteúdos para o significado do trabalho no contexto da mediação familiar, sendo elas: categoria 1: a prática da mediação familiar significada como complexa e difícil; categoria 2: a prática da mediação familiar significada como uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos; categoria 3: a prática da mediação familiar significada como importante ao desenvolvimento da Psicologia; categoria 4: a prática da mediação familiar significada como central para se fomentar a cultura do trabalho ampliado na Psicologia; e, categoria 5: a prática da mediação familiar significada como desafiadora e ampla. Conclusão: Discutiu-se acerca do reduzido quadro de profissionais da Psicologia na atuação em mediação familiar, consistindo em desafio a ampliação deste espaço profissional e das práticas no contexto judicial, entendidos como ganho no atendimento à sociedade. Por fim, destaca-se a relevância de se propiciar a interdisciplinaridade no campo referido, a fim de estimular a cultura da mediação, de modo a ressignificar as relações de poder que movem, em muitos casos, os conflitos familiares.
 Palavras-chave: Significados. Trabalho. Mediação Familiar. Psicologia

Biografia do Autor

Aline Bogoni Costa, Universidade do Oeste de Santa Catarina
Doutora em Psicologia, Pesquisadora e Professora do Curso de Psicologia da Universidade do Oeste de Santa Catarina – UNOESC, campus de São Miguel do Oeste – SC.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Meotti, L., & Costa, A. B. (2018). DO CONFLITO AO DIÁLOGO: SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS POR PROFISSIONAIS DA PSICOLOGIA À PRÁTICA DA MEDIAÇÃO FAMILIAR. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18415
Edição
Seção
São Miguel do Oeste - Ensino