REVITALIZAÇÃO DA VINÍCOLA SALTO VELOSO COM A INSERÇÃO DO MUSEU DO VINHO

  • Jociléia PERETTI Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Juliana Aparecida BIASI Universidade do Oeste de Santa Catarina

Resumo

A vinícola da família Bortoli de 1952, em Salto Veloso, é um importante símbolo do desenvolvimento da cidade e que hoje encontra-se desvalorizado. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de elaborar um anteprojeto que aproveite a estrutura existente da vinícola – revitalizando as características dos materiais originais da edificação que mantenha sua área de produção e que destine a novos usos áreas ociosas; assim como a integração de novas edificações a serem construídas que agregam área de vivência, lazer e cultura ao empreendimento. Abordando uma metodologia quantitativa e essencialmente qualitativa, englobando métodos de pesquisa com referenciais teóricos, pesquisas em campo, estudos de casos, levantamento e análise da edificação e terreno em questão. Durante o desenvolvimento ficou evidente a relação da vitivinicultura com a história da cidade a partir do processo de colonização. A partir da análise dos aspectos da cidade, do terreno e da edificação existente, notou-se que o município possui queda em estatísticas relacionadas a qualidade de vida da população e déficit de equipamentos urbanos ligados a cultura e lazer. O anteprojeto buscou solucionar as questões sociais e de infraestrutura reavendo a valorização da vinícola, propondo a inserção do museu do vinho e a área de convivência que inclui um espaço gastronômico e de comercio local. Foi possível concluir que o terreno é apropriado para a implantação de toda a proposta.

Palavras-chave: Patrimônio. Paisagem Cultural. Registro Histórico. Arquitetura Industrial. Vinícola.

Publicado
28-08-2018
Como Citar
PERETTI, J., & BIASI, J. A. (2018). REVITALIZAÇÃO DA VINÍCOLA SALTO VELOSO COM A INSERÇÃO DO MUSEU DO VINHO. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18399
Edição
Seção
Videira - Ensino