PSICOLOGIA SOCIAL E A INSTITUIÇÃO CRAS

  • Edson Pilger DIAS-SBEGHEN Universidade do Oeste de Santa Catarina
  • Eloisa ALMEIDA,

Resumo

Diante dos diversos grupos sociais, o que rege tais relações entre os individuos são as normas que caracterizam-se das mais sutis ou restristas, as mais rígidas, como as leis. A partir dessas normas, os papeis sociais se caracterizam e determinam as relações entre os sujeitos. Assim a Psicologia Social buscar (re)conhecer como é inserido cada indivíduo no processo histórico, como esse é agente da sua história e como pode transformar o seu ambiente social. Considerando a grande subjetividade entre grupos sociais, os fatores que os caracterizam e os enfrentamentos coditianos neste âmbito, é importante reconhecer as instituições que trabalham em prol das causas sociais, procurando promover o bem estar, melhores relações e condições de vida para o ser humano. No seguinte relatório, aprenseta-se a pesquisa qualitativa em entrevista na instituição CRAS (Centro de Referência e Assistência Social), o qual é responsável pela execução de serviços, programas e projetos que potencializam a família como unidade de referência, reconhecendo os diversos grupos familiares, valorizando particularidades, fortalecendo esses vínculos e os introduzindo ao contexto comunitário. A instituição CRAS localiza-se em áreas de vulnerabilidade e risco, onde o Psicólogo juntamente com outros profissionais, tem participação em ações sociais e projetos de intervenção, buscando provocar transformações nas formas de vida em que atua e procurando atender as demandas desses grupos sociais.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
DIAS-SBEGHEN, E. P., & ALMEIDA, E. (2018). PSICOLOGIA SOCIAL E A INSTITUIÇÃO CRAS. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18353
Edição
Seção
Xanxerê - Ensino