TEORIA DAS RESTRIÇÕES: ESTUDO DE CASO SOBRE AS INEFICIÊNCIAS DE UMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL SITUADA EM JOAÇABA, SC

  • Cleumara Moreira UNOESC
  • Irlana Rovea UNOESC
  • Maurício de Jesus Cevey UNOESC
  • Ardinete Rover UNOESC

Resumo

O objetivo do artigo foi identificar como a Teoria das Restrições pode aprimorar o processo produtivo de uma empresa do ramo da construção civil da cidade de Joaçaba, SC. Apresentam-se no estudo conceitos da Teoria das Restrições (TOC), sua origem, aplicabilidade e as ferramentas: árvore da realidade atual, diagrama de dispersão de nuvem e árvore da realidade futura. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa, exploratória, descritiva e, quanto ao procedimento, estudo de caso. Por intermédio da árvore da realidade atual evidencia-se o sistema de gestão como problema cerne da entidade pesquisada, sendo que o efeito de ocorrerem atrasos no cumprimento das metas estabelecidas na obra é decorrente de várias causas, como o absenteísmo, a falta de capacitação técnica dos funcionários e o custo elevado em razão de trabalho refeito. Foi possível analisar que a Teoria das Restrições oferece ferramentas relevantes para auxiliar os gestores no bom desempenho e na tomada de decisões, como resultado ao aprimoramento do processo produtivo.
Publicado
28-08-2018
Como Citar
Moreira, C., Rovea, I., Cevey, M., & Rover, A. (2018). TEORIA DAS RESTRIÇÕES: ESTUDO DE CASO SOBRE AS INEFICIÊNCIAS DE UMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL SITUADA EM JOAÇABA, SC. Seminário De Iniciação Científica, Seminário Integrado De Ensino, Pesquisa E Extensão E Mostra Universitária. Recuperado de https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/siepe/article/view/18321
Edição
Seção
Joaçaba - Ensino